Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gilson Kleina comemora boa temporada no Duque de Caxias

Depois de um início ruim na Série B, time fluminense deu a volta por cima e rapidamente saiu da zona da degola para brigar pelas primeiras posições na tabela

Gazeta Esportiva |

Nesta sexta-feira, às 21h (horário de Brasília), o Duque de Caxias encerra a sua participação na Série B, contra o ASA, em São Januário. O clube da Baixada Fluminense quer se despedir da competição com um grande resultado, coroando uma temporada que teve como destaque o poder de recuperação da equipe. Depois de um início ruim, o time fluminense deu a volta por cima e rapidamente saiu da zona da degola para brigar pelas primeiras posições na tabela.

"Quando assumi o time, tínhamos apenas uma vitória em seis jogos. Portanto, é preciso enaltecer os jogadores por essa recuperação. Queremos, no mínimo, terminar entre os dez primeiros colocados. É um confronto direto e podemos ultrapassar o ASA, que tem dois pontos a mais. Mas já posso dizer que o ano foi muito bom para nós", disse o técnico Gilson Kleina.

O treinador fez uma análise sobre o desempenho da equipe na Série B. Ele lamentou os problemas de lesão e a saída do lateral e capitão Marquinho para o Fluminense, que até então havia disputado todas as partidas do Duque na Série B.

"Quando conseguimos nos afastar da zona de rebaixamento, nunca mais voltamos. Encorpamos dentro da competição e nenhum adversário foi superior ao nosso time. Mesmo quando perdemos ou empatamos, jogamos de igual para igual e poderíamos ter vencido. Acredito que o que mais nos prejudicou foram as lesões de jogadores importantes justamente quando nos aproximamos de vez do G4 - lembrou Kleina, que por algumas rodadas não pode contar com destaques da equipe, como o atacante Andre Luís, o lateral Carlão, e os volantes Mancuso e Leandro Teixeira.

Leia tudo sobre: duque de caxiassérie b

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG