Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Geraldo assume toque de mão e arbitragem vira alvo do Flamengo

Bola bateu na mão do meia antes do 2º gol, para irritação dos rubro-negros na saída do jogo no Engenhão

Gazeta |

O Ceará venceu por 2 a 1 e abriu vantagem contra o Flamengo nas quartas de final da Copa do Brasil, mas a vitória no Engenhão foi decidida em um lance polêmico: o segundo gol do time nordestino saiu depois que Geraldo dominou a bola com a mão na entrada da área, passou por Welinton e tocou no canto de Felipe.

O meio-campista assumiu que a bola bateu em sua mão e os rubro-negros não esconderam a irritação. "Todo mundo viu que foi bola na mão e ele (o árbitro Marcos Gomes da Penha) não deu. Nós paramos no lance. Está aí a merda que eles colocam para apitar o jogo", esbravejou o volante Willians, na saída do gramado, à Rádio Globo.

Willians, inclusive, teve um diálogo com o camisa 10 do Ceará durante o jogo. "Eu não tenho que mentir. O Willians me perguntou no campo e eu falei que na hora que eu tentei tirar o zagueiro, a bola bateu sem intenção na minha mão, depois caiu para a perna direita e eu coloquei na frente. Mas o toque foi sem intenção", defendeu-se Geraldo.

O resultado tirou uma invencibilidade de 25 jogos do Fla na temporada. O sentimento do grupo comandado por Vanderlei Luxemburgo após o jogo se dividia entre lamentações pela má atuação da equipe e pelo lance polêmico que originou o segundo tento alvinegro.

"No segundo tempo apresentamos um futebol de Flamengo, o que era para ter feito desde o primeiro tempo. Tomamos um gol duvidoso e sabemos que na Copa do Brasil é complicado tomar gol em casa. Mas duvidoso nunca é para nós...", disse o goleiro Felipe.

"Uma hora ia acontecer a derrota. Não sei se o torcedor tinha que ter mais paciência, mas nós jogadores poderíamos", acrescentou o meio-campista Renato. O jogo de volta será na semana que vem, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Uma vitória rubro-negra por 1 a 0 dá a classificação ao Ceará.

Leia tudo sobre: FlamengoCearáCopa do Brasil 2011geraldoarbitragem

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG