Time saiu atrás no placar, mas o nigeriano Kennedy Nwanganga conseguiu fazer o gol decisivo

Com um gol marcado a pouco mais de dez minutos do fim, o Genk conseguiu um empate em 1 a 1 com Standard de Liège nesta terça-feira e conquistou o título do Campeonato Belga pela terceira vez na história, depois ter ficado com o troféu também nas temporadas 1998/1999 e 2001/2002.

O Genk chegou para a partida com os mesmos 50 pontos do adversário, mas tinha a vantagem de não ter "ganhado" meio ponto no arredondamento feito antes do início hexagonal final, em que os times entram com metade dos pontos conquistados na fase inicial.

Precisando da vitória, o Standard saiu na frente no placar aos 46 minutos do primeiro tempo, com Eliaquim Mangala, e ia conseguindo o resultado que precisava. No entanto, aos 35 minutos da etapa final, o nigeriano Kennedy Nwanganga marcou o gol do título dos donos da casa.

A equipe de Liège protagonizou uma bela arrancada na fase final do Belga, conquistando 25 dos 27 pontos que foram colocados em jogo, ficou com o vice e, assim como o Genk, disputará a próxima Liga dos Campeões. O terceiro colocado foi Anderlecht, que, em casa, foi derrotado por 4 a 3 pelo Lokeren, lanterna do hexagonal.

A equipe de Bruxelas se classificou para a Liga Europa da próxima temporada. Por sua vez, o Club Brugge, que já tinha garantido o quarto lugar, bateu o Gent por 3 a 0 e agora enfrentará o Westerlo, vencedor da eliminatória contra o Cercle Brugge, na luta pela outra vaga na Liga Europa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.