Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gêmeos do United comemoram classificação e projetam próximos duelos

Rafael destaca aplausos que ouviu da torcida em Manchester. Fábio lembra decisão no Inglês contra Chelsea

Gazeta |

Os gêmeos do Manchester United, Rafael e Fábio, comemoraram muito a classificação conquistada pelo clube inglês para a final da Liga dos Campeões, diante do Schalke 04, num placar agregado de 6 a 1. Fábio atuou no confronto de ida, vencido por 2 a 0 pelos ingleses, enquanto Rafael entrou em campo nesta quarta-feira, na goleada por 4 a 1.

"Estou muito feliz com a classificação do Manchester para a final e também pelo carinho que recebi da torcida assim que fui substituído. Estou voltando aos poucos ao time depois de me recuperar de uma lesão e os aplausos que ouvi ao deixar o gramado mostram que tenho feito um bom trabalho", declarou Rafael, que deixou o campo na segunda etapa, para a entrada de Evra.

"Não joguei esta segunda partida, mas estive em campo no confronto na Alemanha e pude ajudar o Manchester a garantir essa vaga na decisão da Liga dos Campeões. A comemoração foi merecida, tenho certeza de que nossa torcida está muito feliz, mas, a partir de amanhã, temos que voltar a pensar no Campeonato Inglês. Teremos um clássico decisivo com o Chelsea no fim de semana e precisamos de uma vitória para dar um passo importante em busca do título nacional", afirmou Fábio, que ainda não sabe se será titular no domingo.

Veja imagens do jogo desta quarta em Old Trafford:

No Campeonato Inglês, que se encerra em três rodadas, o Manchester é o líder com 73 pontos, três a mais que o Chelsea. Por isso o clássico de domingo tem ares de decisão. Apesar da importância do confronto, Rafael não deixa de pensar na final da Liga, contra o Barcelona, em 28 de maio, no Wembley.

"Desta vez, eu e Fábio teremos a chance real de disputar uma decisão da Champions. Em 2009, na final contra o Barcelona, fiquei como opção do técnico Alex Ferguson, mas eu ainda estava em adaptação no futebol inglês e não joguei", lembrou Rafael que na ocasião viu o Manchester ser derrotado por 2 a 0 para o Barça.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG