Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gaúcho promete empenho para voltar à seleção e conquistar torcida

Ronaldinho avisa: "Podem esperar o máximo de mim". Flamengo também acerta com Thiago Neves e deve anunciá-lo nesta terça

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

A presidente Patrícia Amorim convocou os torcedores a colorirem as ruas do Rio de Janeiro de vermelho e preto nesta terça-feira para festejar a contratação de Ronaldinho Gaúcho. E o craque promete retribuir o carinho. Ele não apareceu para o anúncio oficial de sua contratação, enquanto diversos torcedores o esperavam por horas na calçada em frente a um hotel na Barra da Tijuca, mas afirmou que já imagina o estádio lotado e prometeu dar o máximo de si para conquistar a torcida e se firmar novamente na seleção brasileira, de olho na Copa do Mundo de 2014.

"A torcida pode esperar muito carinho da minha parte também. Eu fui recebido aqui no Rio de Janeiro com esse sentimento. As pessoas, os torcedores me passaram isso. Já imagino essa torcida no estádio lotado. Eles podem esperar o máximo de mim. Voltei para o Brasil e vim jogar no Flamengo para dar isso. E, claro, tenho esperança que esse meu trabalho me coloque novamente na seleção brasileira", afirmou o craque ao site oficial do Flamengo.

Busca por novo patrocinador 
Mas não é apenas de amor que se construirá a relação que, pelo menos no papel, tem prazo de quatro anos. Com os contratos assinados, começa uma nova etapa em que o departamento de marketing terá função decisiva: a negociação de um novo contrato de patrocínio superior aos R$ 22 milhões da Batavo, que anunciou em outubro que não renovaria, chegando a interromper os pagamentos. O clube pode estampar em sua camisa a mesma marca vista no rival Botafogo e no Corinthians. Há, porém, outros interessados.

Vicente Seda
Torcida exibe bandeira em frente a hotel antes de anúncio oficial da contratação
 
O panorama mudou desde que o Flamengo tomou a dianteira na corrida para ter o jogador. O clube, que vinha tendo dificuldades em encontrar um novo parceiro que pagasse o montante da última temporada sem exclusividade de exposição, agora é procurado por empresas e deve fechar em valor bem superior ao de 2010. A diretoria estipulou uma cota a ser atingida e, a partir daí, o lucro é dividido com Ronaldinho, em percentuais não divulgados.

Apresentação no ritmo do pagode
A apresentação do reforço será nesta quarta-feira. Cogita-se o Sambódromo, mas a diretoria só confirmará horário e local nesta terla. As lideranças de organizadas presentes ao pronunciamento feito na noite desta segunda no hotel que serve de concentração para o clube, na Zona Oeste do Rio, pediram à Amorim que a festa seja realizada na Apoteose. Qualquer que seja o local, um grupo de pagode, gênero musical preferido de Ronaldinho, deve animar o evento.

Estrutura deficiente
Apesar da euforia em torno da contratação do jogador, Ronaldinho não encontrará pela frente um cenário ideal, como se acostumou a ter na Europa. Ainda com estruturas provisórias, o Ninho do Urubu, CT do Flamengo, ainda segue longe de ser uma instalação de primeira linha. A "Campanha do Tijolinho", na qual o torcedor paga por um tijolo que será colocado com nome no CT, segue anunciada com destaque no site oficial. Por ora, o Flamengo, usa um hotel como concentração, mas espera usar Ronaldinho para alavancar as receitas para a conclusão das obras no CT, projeto orçado em cerca de R$ 25 milhões.

Vibração do elenco
De Londrina, alguns atletas já deram as boas vindas a "R10" através da rede social Twitter. Léo Moura e Felipe, por exemplo, vibraram com a presença do jogador e Moura chegou a postar uma foto com Ronaldinho. O atleta, que iniciou a carreira no Grêmio, passou nove temporadas na Europa, obtendo maior destaque em sua passagem pelo Barcelona, mas também deixando saudades no Paris Saint-Germain, o primeiro clube que defendeu no Velho Continente.

Vicente Seda
Patrícia Amorim, presidente do Flamengo, anunciou oficialmente a contratação de Ronaldinho Gaúcho nesta segunda-feira

Ausências evidenciam racha e apreensão
Quem saiu em situação delicada da novela foi a Traffic. As relações da empresa com Grêmio e Palmeiras para construção de suas respectivas arenas ficou estremecida. No caso dos gaúchos, o reflexo foi imediato, com o recuo na negociação (antes com boas chances de sucesso) pelo zagueiro uruguaio Sebastian Coates, pelo qual o Grêmio ofereceu cerca de US$ 4 milhões, com recursos da Traffic. Os dirigentes de ambos os clubes já deram indícios de que pretendem rever, ou possivelmente encerrar, os negócios com a empresa. Indicativo de que o momento é realmente complicado foi nenhum representante da Traffic, responsável pelas garantias dadas ao Milan e por boa parte do salário de Ronaldinho Gaúcho (R$ 1,2 milhão), ter integrado a mesa para o anúncio oficial.

Outra ausência evidenciou um racha que já dura meses no Flamengo. Com diversos membros de sua diretoria presentes, o vice-geral, Hélio Ferraz, pouco participou das negociações e também não apareceu para o anúncio oficial, sem ter sido uma vez sequer mencionado nos agradecimentos de Patrícia Amorim. O também ausente vice jurídico, Rafael de Piro, por sua vez, foi citado e teve a "falta" justificada: "Ele ainda está finalizando os contratos", explicou Amorim.

Milton Trajano
Depois de escolher o Flamengo ao invés do Grêmio, Ronaldinho já prevê que terá problemas para ir ao RS


Acerto com Thiago Neves
Além da batalha por Ronaldinho Gaúcho, o Flamengo venceu outra disputa, desta vez com o rival local Fluminense, pelo meia Thiago Neves, que atualmente está no Al-Hilal, da Arábia Saudita. O clube aceitou vender 20% dos direitos econômicos sobre o jogador e o anúncio oficial deverá ser feito nesta terça-feira. Neves é agenciado por um dos aliados de Patrícia Amorim, o empresário Léo Rabello. O jogador, de 25 anos, deverá receber cerca de R$ 700 mil mensais, sendo que boa parte do montante sairá da fornecedora de material esportivo Olympikus, que deverá explorar sua imagem. Ele ficou marcado pelos três gols que fez no segundo jogo da final da Libertadores de 2008, no Maracanã, quando o seu ex-clube, o Fluminense, perdeu o título nos pênaltis para a LDU, do Equador. O contrato de Neves terá duração de um ano.

Mais contratações a caminho
Amorim disse claramente na entrevistas que o ciclo de contratações para 2011 não está encerrado, enquanto fazia o anúncio oficial da chegada de Ronaldinho. O clube ainda procura um atacante capaz de garantir os gols que faltaram em 2010. Deivid conta com a confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo, mas nem tanto assim dos dirigentes da Gávea. A posição de maior urgência, porém, é a lateral esquerda, já que Luxemburgo liberou Juan e, até o momento, o clube não conseguiu trazer um substituto à altura. Por ora, apenas Egídio, formado na base e que fez feio em todas as chances que teve no time principal, retornou de empréstimo e é o único atleta da posição no elenco, apesar de Renato Abreu poder exercer a função de ala.

Leia tudo sobre: Ronaldinho GaúchoFlamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG