Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gaúcho fez gol, venceu, foi reserva e perdeu em casa em estreias

Nesta quarta-feira, Ronaldinho faz seu primeiro jogo com a camisa do Flamengo diante do Nova Iguaçu pelo Campeonato Carioca

Paulo Passos, iG São Paulo |

O primeiro jogo de Ronaldinho Gaúcho na seleção brasileira quase todo mundo lembra. Os dribles e, principalmente, o golaço contra a Venezuela, na Copa América, em 1999, ficaram como marca registrada do hoje jogador do Flamengo.

Nesta quarta-feira será a vez do meia-atacante fazer a sua estreia com a camisa do time carioca contra o Nova Iguaçu. Nos mais de dez anos de carreira, Ronaldinho Gaúcho já viveu essa experiência cinco vezes. Nenhuma com o mesmo impacto da chegada à seleção principal.

Veja como foram as estreias de Ronaldinho:

Grêmio 1 x 0 Vasco da Gama – 4 de março de 1998

Gazeta Press
Aos 17 anos, Ronaldinho fez seu primeiro jogo profissional defendendo o Grêmio
Apontado como maior revelação das categorias de base do Grêmio desde Renato Gaúcho, Ronaldinho fez seu primeiro jogo profissional com a camisa do clube quando tinha 17 anos. A estreia ocorreu numa partida pela Libertadores da América, em março de 1998. Um mês antes, o então garoto havia atuado em um jogo-treino contra o Gramadense, equipe amadora de Gramado, na serra gaúcha.

Em 98, o Grêmio passava por uma reformulação após as saídas de nomes como Arce, Dinho, Emerson, Carlos Miguel e Paulo Nunes, que viveram com Luiz Felipe Scolari anos de conquistas no estádio Olímpico.

Contratado para comandar a equipe na Libertadores, Sebastião Lazaroni saiu do time sem deixar boas lembranças para a torcida. Muito menos títulos. No currículo, porém, pode se orgulhar de ser o primeiro treinador a escalar Ronaldinho em uma equipe profissional.

“Quando o vejo jogar hoje em dia, lembro do tempo em que optei por levá-lo ao profissional do Grêmio. Era um menino alegre, que já mostrava seu talento numa competição dos juniores com o Grêmio naquela época”, conta o técnico do Qatar SC.

Na estreia, porém, o meia-atacante começou na reserva. Ele entrou apenas no segundo tempo, na vitória de 1 a 0 sobre o Vasco da Gama no estádio Olímpico.

Brasil 7 x 0 Venezuela – 30 de junho de 1999

Convocado às pressas, Ronaldinho fez sua estreia oficial já no primeiro jogo da Copa América no Paraguai. “A gente já observava ele havia tempo, mas o chamado só aconteceu mesmo porque o Edilson fez aquela bobagem de fazer balãozinho na final do Paulista", recorda Candinho, na época auxiliar de Vanderlei Luxemburgo.

Quatro dias antes da partida contra a Venezuela, Ronaldinho jogou em um amistoso contra a Letônia, quando até começou como titular, mas não marcou nenhum gol.

O atual chefe foi o primeiro a colocar o agora camisa 10 do Flamengo num jogo da seleção. A partida já estava 5 a 0 quando Ronaldinho entrou. “Tava fácil, mas ele mostrou personalidade, deu dribles e marcou aquele golaço”, diz Candinho.

O gol virou uma das principais marcas do craque, que desde então passou a ser presença certa nas convocações da seleção brasileira.

Auxerre 1 x 1 PSG – 4 de agosto de 2001

Reprodução/ L'Épique
Na estreia no PSG, Gaúcho substituiu Aloísio
Após ficar quase um mês sem jogar, devido a uma disputa na Fifa para conseguir a liberação do Grêmio, Ronaldinho estreou na sétima rodada do Francês com a camisa do PSG. Na partida, ele teve pouco brilho. Entrou já no segundo tempo no lugar de Aloísio (ex-São Paulo, Atlético-PR e Goiás).

“É que ele ficou muito tempo sem jogar, só por isso que não foi titular. Ele já tinha muita moral. Para mim, a chegada dele foi ótima. Fiz meus golzinhos. Também, só com o homem colocando bola na minha cabeça, não tinha como não marca”, diz Aloísio, que hoje joga no Brusque-SC.

Com a camisa do PSG, Ronaldinho até teve bons momentos em duas temporadas, mas não conseguiu vencer nenhum título. A maior marca da passagem por Paris foi a conquista da Copa do Mundo de 2002 com a seleção brasileira.

Athletic Bilbao 0 x 1 Barcelona – 30 de agosto de 2003

No clube onde mais brilhou, Ronaldinho fez o primeiro jogo já como titular. A estreia oficial foi na rodada de abertura do Campeonato Espanhol de 2003. Antes, o craque vestiu a camisa do Barça em amistoso contra o Milan, nos Estados Unidos. Na partida, marcou pela primeira vez.

Getty Images
Em 2003, Ronaldinho chegou ao Barcelona. Estreia foi contra o Athletic Bilbao
O primeiro gol em jogos oficiais, considerado um dos mais bonitos da carreira dele, aconteceu na segunda rodada do Espanhol, contra o Sevilla, no Camp Nou.

O Barcelona vivia na época uma das maiores crises econômicas e técnicas de sua história. Na temporada de estreia de Ronaldinho, o Barcelona ficou em segundo lugar no Campeonato Espanhol. No ano seguinte, o clube venceu o título nacional e iniciou uma era de conquistas. Até hoje, o brasileiro é considerado um dos maiores jogadores da história do time catalão.

Milan 1 x 2 Bologna – 31 de agosto de 2008

A primeira partida na Itália não deixou de ser um prenúncio da passagem sem títulos de Ronaldinho no Milan. No jogo contra o Bologna, o clube perdeu em casa por 2 a 1.

Ronaldinho até jogou bem, segundo a imprensa italiana, participando do único gol da equipe. O meia-atacante fez o cruzamento para Ambrosini marcar.

Nas duas temporadas no Milan, o brasileiro até virou ídolo da torcida, mas de longe não repetiu o sucesso da passagem pelo Barcelona. O melhor resultado foi a terceira colocação no Campeonato Italiano 2009/10.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG