Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gaúcho aprova aplausos depois de enfrentar uma semana conturbada

Interino do Vasco diz que resultados negativos pesaram mais do que demissão de técnico e afastamento de jogadores

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Gazeta Press
Para Eduardo Costa, vascaínos sentiram dentro de campo os acontecimentos da última semana
A semana que antecedeu o clássico com o Flamengo foi muito conturbada para o Vasco. O time perdeu para o Boavista, o técnico PC Gusmão foi demitido e o presidente Roberto Dinamite afastou Carlos Alberto e Felipe. Apesar de tentar conviver com os problemas, os jogadores acabaram sucumbindo ao rival e perderam por 2 a 1.

Interinamente no cargo de técnico, Gaúcho acredita que as três derrotas consecutivas no Carioca pesaram mais do que a semana conturbada fora do campo. No fim, gostou de ouvir aplausos dos torcedores do Vasco apesar de o time ter perdido para o Flamengo.

"Quando entra em campo, o atleta esquece tudo isso. A troca no futebol acontece toda hora. Eles estavam abalados pelos resultados negativos. Os jogadores procuraram disputar a partida, mas estavam assustados. Eles reagiram bem no fim e o torcedor reconheceu isso", disse Gaúcho.

A expectativa, agora, é para a chegada do novo técnico. Enquanto isso, o time precisa se preparar para enfrentar o Volta Redonda, quinta-feira, em São Januário. O jogo nada vale para o Vasco, já eliminado da Taça Guanabara.

"O time sentiu bastante o que aconteceu (com Carlos Alberto e Felipe). Amanhã ou depois pode acontecer com um de nós. São jogadores que dispensam comentários, de muita qualidade, mas a decisão é da diretoria. São duas ótimas pessoas, mas vida que segue", afirmou Eduardo Costa.

Leia tudo sobre: VascoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG