Apesar de ter recebido uma punição mais suave do que o previsto, ex-jogador vai sofrer consequências por suas atitudes polêmicas recentes

O ex-jogador da Inglaterra Paul Gascoigne não será preso por dirigir embriagado, a Justiça decidiu suspender a carteira de motorista por oito semanas ao longo de um ano e vai submetê-lo a um programa de desintoxicação alcoólica durante três meses.

A sentença de um tribunal de Newcastle (norte da Inglaterra) contra o ex-meia, de 43 anos, foi mais suave do que o previsto, pois em outubro foi advertido que poderia ser preso por dirigir embriagado (quatro vezes acima do limite legal).

Gascoigne, uma das estrelas da Inglaterra na Copa do Mundo de 1990, foi detido no subúrbio da cidade da Jesmond na madrugada de 8 de outubro.

Ex-jogador do Newcastle United, do Tottenham, da Lazio, dos Rangers de Glasgow, do Middlesbrough e do Everton devia ter recebido sentença em novembro, mas ele não se apresentou diante do juiz porque estava internado em uma clínica de reabilitação para alcoólicos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.