Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gascoigne diz que consumia drogas e álcool antes de jogos

Em entrevista polêmica para canal britânico, o ex-jogador disse que estava drogado quando marcou alguns de seus melhores gols

iG São Paulo |

Getty Images
Gascoigne, que lançou um livro autobiográfico
O ex-jogador inglês Paul Gascoigne, que é conhecido por seus problemas com o alcoolismo, causou polêmica novamente ao falar para o canal ITV, da Inglaterra, e admitir que cheirava cocaína e bebia brandy antes de suas partidas. Segundo Gascoigne, alguns de seus mais memoráveis gols foram precedidos por maratonas de drogas e álcool.

No programa britânico, o jogador, que defendeu seu país na Copa do Mundo de 1990, disse que "antes das partidas eu bebia nove brandies, mais cocaína e tudo com vinho". Ele explicou que tentava contrabalancear o efeito das drogas com o álcool: "eu estava tomando quatro garrafas de uísque por dia durante três meses. Eu tomava duas garrafas só para parar de tremer".

Veja também: Ex-jogador de Porto Rico admite vício em drogas

Hoje tentando se recuperar de seus vícios, o jogador já foi centro das atenções ao aparecer embriagado antes de jogos e após derrotas. Mais notoriamente, ele chegou às manchetes britânicas após seu filho de 12 anos ter dado uma entrevista na qual disse que queria que seu pai "se afastasse" e que sabia que ele iria "morrer logo, sem ter dado a devida atenção à família".

Mais recentemente, Paul 'Gazza' Gascoigne se assumiu alcoolatra e lamentou que a bebida e as drogas tivessem tomado conta de sua vida. Na entrevista deste sábado, o ex-atleta explicou que está se recuperando, que sua vida voltou a ser boa e ele voltou a sorrir. "Eu estou aproveitando a vida - eu jogo golfe", conclui Gascoigne.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG