Muricy também poderá escalar novamente Edu Dracena e Léo, ambos ausentes na primeira partida contra o Peñarol

Ganso, no treino da sexta-feira. Neste sábado, o jogador treinou durante uma hora no CT Rei Pelé
Gazeta Press
Ganso, no treino da sexta-feira. Neste sábado, o jogador treinou durante uma hora no CT Rei Pelé
Paulo Henrique Ganso está pronto para ajudar o Santos na mais importante decisão do clube nos últimos oito anos, contra o Peñarol, quarta-feira, no Pacaembu. Quarenta e um dia depois de sofrer a lesão no músculo anterior da coxa direita , o meia participou durante uma hora do treinamento de dois toques, em campo reduzido, neste sábado, no CT Rei Pelé.

Ele correu, chutou de direita e esquerda, exibindo toda a sua habilidade e provou e estar curado da contusão. A decisão agora está com Muricy Ramalho, que assistiu ao treino atentamente. A dúvida agora é se Ganso será titular desde o início contra na decisão da Libertadores ou se fica no banco como opção.

 Se decidir escalar Ganso desde o início, o mais provável é que Muricy passe Danilo para a lateral-direita, a sua posição de origem, tirando Pará , não alterando  muito a estrutura do meio de campo. Com a volta do camisa 10, Elano atuaria mais atrás, ajudando Adriano e Arouca na marcação. Outras duas mudanças certas em relação ao time que empatou por 0 a 0 com o Peñaro l, quarta-feira passada, em Montevidéu, são as voltas de Edu Dracena e Léo , respectivamente nos lugares de Bruno Rodrigo e Alex Sandro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.