Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ganso tranquiliza estreante: Toca e corre, você vai receber livre

Meia prometeu assistências e aconselhou Tiago Alves antes do jogo contra o Ituano no último domingo

Samir Carvalho, iG Santos |

O meia Paulo Henrique Ganso conversou com o técnico Marcelo Martelotte na concentração do Santos para o jogo contra o Ituano e pediu para o treinador colocar o atacante Tiago Alves em seu quarto. A intenção do meia era tranquilizar o jovem, que fez seu primeiro jogo como titular. O atacante revelou a conversa ao iG, e disse que Ganso o aconselhou a partir para cima da marcação, e ainda prometeu ajudar o estreante com suas conhecidas assistências.

“Vários jogadores me aconselham, o Jonathan, Elano, Charles, Edu Dracena, mas o Ganso é o principal deles. Antes do jogo na concentração me passou muita tranquilidade. Perguntou se eu estava tremendo e disse para eu fazer o básico. Ele falou: toca e corre na frente que você receber livre na cara do goleiro”, disse Tiago Alves.

Os conselhos de Ganso surtiram efeito na partida contra o Ituano no último domingo, já que Tiago Alves se destacou com jogadas individuais e bastante velocidade durante o jogo. Além disso, o atleta abriu o marcador da vitória santista por 3 a 2, fazendo seu primeiro gol como profissional.

Ganso é um dos principais conselheiros dos atletas das categorias de base do Santos. No caso de Tiago Alves a aproximação é maior devido a DIS, que gerencia a carreira dos dois atletas. “Costumo pegar até algumas caronas com o Ganso, já que não tenho carro ainda”, declarou.

O iG acompanhou o jogador durante a segunda-feira, um dia pós sua estreia como titular do Santos, com direito ao seu primeiro gol na equipe profissional. O atleta ficou espantado com vários telefonemas que recebeu, e convites para conceder entrevistas. O atacante chegou a atender a imprensa na Auto Escola, onde foi tirar sua carta de motorista. A carta foi um presente dos empresários pelo gol marcado contra o Ituano.

O jogador, que demonstra muita humildade, confessou que ficou temeroso quando recebeu o guia de estudos das aulas teóricas. “É complicado tirar (habilitação). É muito sinal, eu só conheço o ‘Pare’ e mais nada”, disse o atleta.


 

Leia tudo sobre: santostiago alvesgansodiaituano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG