Em sete jogos, camisa 10 não marcou gol e não realizou nenhuma assistência na competição

O meia Paulo Henrique Ganso não voltou a brilhar com a camisa do Santos em jogos disputados pelo Campeonato Brasileiro. Além de estar em jejum de gols na competição, segundo estatísticas do Footstats, o camisa 10 também não exerceu sua principal características: as assistências.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Em sete jogos – Flamengo, Atlético, Vasco, Ceará, Atlético, Coritiba e Bahia – no Brasileiro de 2011, o atleta não realizou nenhuma assistência entre os 20 gols marcados pelo Santos na competição.

Se não bastasse, o jogador também deixa a desejar em relação aos cruzamentos e lançamentos no Brasileiro. Ganso não acertou nenhum dos quatro cruzamentos que fez no campeonato, e realizou apenas onze lançamentos – foram seis erros e cinco acertos.

Siga o Twitter do iG Santos e receba notícias do time em tempo real

Entretanto, a qualidade técnica de Ganso é destacada em relação aos passes. Ganso disputou sete partidas e aplicou 220 passes. O camisa 10 errou apenas 41 e acertou 179 passes.

O Brasileiro de 2010 também não foi animador para Ganso. Além de uma séria lesão ligamentar no joelho esquerdo, que o afastou dos campos por mais de sete meses, o meia só jogou onze partidas pela competição, e não marcou nenhum gol. A média também não foi boa em assistências: foram apenas três em onze jogos, média 0,3 por partida.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

Muricy Ramalho não está satisfeito com o desempenho de Ganso, e pediu para o jogador atuar mais próximo da área.

“Ele precisa finalizar um pouco mais. Se a gente olhar o mundo, os camisas 10 do mundo fazem gols. Eles são decisivos, vem de trás. Ele precisa melhorar nesse sentido. Hoje (Contra o Bahia) ele armou bem, marcou bem, fez um bom trabalho”, afirmou Muricy.

Ganso não conseguiu reviver a melhor fase de sua carreira no Campeonato Brasileiro deste ano
AE
Ganso não conseguiu reviver a melhor fase de sua carreira no Campeonato Brasileiro deste ano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.