Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ganso lamenta falhas individuais e teme eliminação na Libertadores

Elano e Possebon falharam nos gols do Colo Colo e deixaram o Santos em situação complicada

Samir Carvalho, iG Santos |

O meia Paulo Henrique Ganso lamentou algumas falhas individuais dos companheiros de equipe, que culminaram na derrota para o Colo Colo por 3 a 2 nesta quarta-feira, no estádio Monumental Santiago, no Chile, pela terceira rodada da Copa Libertadores da América. Além disso, o camisa 10 já teme uma eliminação ‘precoce’ do Santos na competição continental.

“A gente não tocou bola, perdemos chances e perdemos o jogo. Foram três erros que tivemos no primeiro tempo e eles mataram o jogo”, lamentou Ganso, que demonstrou preocupação em relação à classificação do Santos para a próxima fase da Copa Libertadores.

“Com essa derrota corremos o risco sim, mas temos tudo para vencermos os três jogos para conseguirmos a classificação para a próxima fase”, completou.

Após abrir o marcador com um gol de falta de Elano, o Santos sofreu a virada no primeiro tempo, em duas falhas individuais. No segundo gol do Colo Colo, Elano desperdiçou a bola e ficou pedindo a falta enquanto os chilenos armaram o contra-ataque para fazer o gol. Já no terceiro gol, Possebon perdeu a dividida no alto para Scotti, que marcou de cabeça.

Ganso fez sua estreia na Libertadores nesta quarta-feira. O atleta voltou a ser titular da equipe após sete meses sem jogar futebol devido a uma cirurgia no joelho esquerdo. Responsável pela assistência para o gol de Neymar, o segundo gol do Santos no jogo, o meia deixou o campo para a entrada de Keirrison na segunda etapa.

“Levei uma pancada, mas nada que me tirasse do jogo. Me senti muito bem, mas perdemos grandes chances no primeiro tempo que acarretaram na derrota”, concluiu o camisa 10.

 

Leia tudo sobre: santoscopa libertadores 2011gansocolo coloelano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG