Benítez, conhecido como “El Ganso” no Paraguai, já marcou um gol no Santos nesta Libertadores

Ganso estará em campo no duelo entre Cerro Porteño e Santos nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Olla Azulgrana , pelo jogo de volta das semifinais da Copa Libertadores da América. Entretanto, não é o camisa 10 da equipe santista que se recuperou de uma lesão na coxa direita e voltará aos gramados. É que os paraguaios também têm seu Ganso : o zagueiro Pedro Benítez, conhecido como “El Ganso” no Paraguai.

O zagueiro do Cerro explica o motivo do apelido e faz questão de dizer que seu futebol não tem nenhuma semelhança com o meia Paulo Henrique Ganso. Benítez recebeu o apelido de um jornalista de Assunção, que viu semelhança física entre o jogador e o animal.

“Um jornalista me colocou esse apelido, pois disse que sou parecido com um ganso. O Ganso do Santos sabemos que é um bom jogador”, afirmou Pedro Benítez com exclusividade ao iG .

O Ganso do Cerro Porteño, que marcou o gol dos paraguaios na derrota para o Santos por 2 a 1, na fase grupos da Libertadores, espera voltar a balançar as redes contra o time da Vila Belmiro, mas acredita que não terá facilidades para repetir o feito. “Sempre tento marcar os gols quando tenho a bola na medida, mas o Santos tem jogadores experientes que podem complicar”, disse.

Pedro Benítez tem 30 anos e já passou pelo futebol brasileiro. O zagueiro jogou no Atlético-MG nas duas últimas temporadas, e conquistou o título do Campeonato Mineiro de 2009.

“A experiência é maior pelo fato de poder chegar em uma final, que é o que queremos. Temos que entrar com tudo, sabemos que o Santos vem bem como visitante e vai ser muito difícil, precisamos buscar um gol logo cedo”, concluiu.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.