Meia abafou especulações e disse que disputa Mundial de Clubes em dezembro

O meia Paulo Henrique Ganso descartou uma transferência sua para a Europa até dezembro, quando o Santos disputa o Mundial de Clubes no Japão. Após a vitória contra o Ceará , neste domingo, no Pacaembu, jogador disse que seu “coração é alvinegro da Baixada” e completou que “pelo menos agora” não sai do Santos.

Ganso em ação contra o Ceará
AE
Ganso em ação contra o Ceará

Siga o Twitter do iG dedicado ao Santos

“Meu pensamento sempre foi em defender o Santos. O time vai se recuperar no Brasileiro e tem Mundial no final do ano. Meu coração é alvinegro da Baixada. Vou disputar Mundial, Brasileiro e não tem chance de eu sair. Pelo menos agora, não”, disse o jogador nos vestiários do Pacaembu.

Com interesse de vários clubes europeus, o último o Porto , Ganso reclamou das notícias veiculadas nos últimos dias dando conta de desavenças entre o jogador e o clube. “Fico chateado pelas coisas que saem na imprensa. Mas o torcedor santista sabe meu jeito de ser e sabe que meu coração é alvinegro. Tenho que falar menos e jogar mais futebol concentrar mais”, disse o meia, descartando mudança para o Corinthians, que poderia servir de ponte para a Europa.

No meio de uma rota de colisão entre o Santos e a DIS, grupo que detém parte de seus direitos econômicos, Ganso diz que para ele o que interessa é defender o Santos, deixando a briga para clube e investidor.

“Para mim não sobra nada, todos têm de saber que a briga é entre DIS e Santos Futebol Clube não entre Paulo Henrique e Santos. Já dei minha palavra para o presidente que fico. Quero deixar bem claro para quem me cobra que eu não tenho culpa de nada”, disse o jogador.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.