Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ganso deverá voltar só no 2.º jogo da final, diz Muricy. Assista

"Queremos ele inteiro para o Santos e para seleção. Por isso, temos de ter cuidado", diz técnico santista

AE |

selo

Há pouco mais de um mês afastado dos gramados por conta de uma lesão muscular, o meia Paulo Henrique Ganso vive a expectativa de voltar a jogar. A recuperação foi mais rápida do que o esperado, mas, mesmo assim, o jogador ainda deve desfalcar o Santos na próxima quarta-feira, na primeira partida da final da Copa Libertadores, contra o Peñarol, no Uruguai. Com isso, o retorno do atleta deverá acontecer no próximo dia 22, no segundo jogo da decisão.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

"Sobre o Ganso, a gente está conversando, levando com o carinho que tem que ser. Além de importante para nós, também é para a seleção brasileira. Só que a gente tem que ter calma. Queremos ele inteiro para o Santos e para a seleção. Por isso, temos que ter cuidado. O mais provável é (que ele volte no) segundo jogo", disse o técnico Muricy Ramalho, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva. Assista trechos abaixo:

null

Antes de viajar para o Uruguai, o Santos tem um compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Neste sábado, a equipe enfrenta o Cruzeiro, em Sete Lagoas (MG). E. preocupado em evitar novas lesões musculares como a de Ganso, Muricy confirmou que mandará a campo um time reserva no confronto.

"O único problema nosso não é o cansaço, mas contusão. A gente não pode correr o risco de uma contusão. É uma partida decisiva, e temos que dar uma atenção especial. Além disso, (o jogo contra o Cruzeiro) também é bom para ver quem tem qualidade para jogar no Santos", afirmou o comandante.

Assim, a equipe titular do Santos diante do Cruzeiro deverá ser a seguinte: Aranha; Bruno Aguiar, Vinicius Simon, Rafael Caldeira e Alex Sandro; Charles, Possebon e Roger Gaúcho; Rychely, Tiago Alves e Borges.

Já ao falar sobre Neymar e Elano, que voltaram ao Santos depois de defenderem a seleção brasileira nos amistosos contra Holanda e Romênia, Muricy destacou a vontade dos dois jogadores de buscar o título continental a partir da próxima quarta. "O Neymar chegou querendo treinar. Isso é bom porque mostra que gosta do que faz. O Elano também chegou bem, querendo treinar. Os dois estão bem de cabeça e muito focados na Libertadores", enfatizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG