Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ganso contraria Adilson e prevê volta na estreia da Libertadores

Meia mostra confiança para retornar ao Santos e espera jogar contra o Deportivo Táchira, na Venezuela

Samir Carvalho, iG Santos |

Samir Carvalho
Ganso diz que poderia voltar a jogar nesta semana
O meia Paulo Henrique Ganso contrariou a provisão do técnico Adilson Batista, e espera voltar aos gramados na estreia do Santos na Copa Libertadores da América, quando a equipe santista enfrenta o Deportivo Táchira, no dia 15 de fevereiro, na Venezuela.

“Eu já faço quase todos os movimentos, apenas o giro que não faço com muita velocidade. Estou projetando a minha volta para estreia da Libertadores, mas isso depende dos médicos e do próprio Adilson Batista”, afirmou Ganso, que se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo.

O atleta, inclusive, declarou que está confiante para retornar aos gramados nesta semana, mas respeita a decisão dos médicos que estão preocupados com cicatrização dos ligamentos. Em agosto do ano passado, Ganso sofreu uma entorse no joelho esquerdo, e rompeu o ligamento cruzado anterior, além de sofreu uma lesão parcial do menisco lateral.

“O que eu posso dizer em relação a minha volta? Já me sinto seguro com os treinamentos que estou fazendo, já poderia estar jogando, mas existe o tempo para a cicatrização do ligamento, então tenho que esperar. Eu já sinto que posso voltar agora, mas o médico que fez a cirurgia já sabe como funciona o ligamento, e ele que pode dar o momento certo”, disse Ganso.

Adilson já vetou Ganso da estreia na Libertadores
Na semana passada, o treinador vetou Paulo Hwenrique Ganso para estreia da competição continental, e projetou o retorno de Ganso para o dia 28 de fevereiro. Sendo assim, o meia só jogará na segunda rodada da Libertadores, no dia 3 de março. A equipe santista ainda aguarda o adversário do vencedor da primeira fase da competição (pré-Libertadores) entre Cerro Porteño, do Paraguai, e Deportivo Petare, da Venezuela.

“O Ganso ainda vai completar cinco meses de recuperação. A previsão de retorno é dia 28 de fevereiro. Ele é jovem, mas é jogador e vamos ter cuidados. O menino é cabeça boa, e daqui a pouco estará no convívio, nos treinamentos”, afirmou o técnico Adilson Batista.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG