Alfredo Oliveira integrou a antiga gestão de Odone, entre 2005 e 2008, e esteve presente na Batalha dos Aflitos, quando o Grêmio voltou à Série A em um jogo dramático contra o Náutico, há cinco anos

O conselheiro Alfredo Oliveira faleceu na manhã deste sábado, em Porto Alegre. Considerado braço direito do presidente eleito Paulo Odone, "Carioca", como era conhecido, seria vice-presidente na direção que assumirá o Grêmio do próximo mês de dezembro até o final de 2012.

Ele estava internado no Hospital Pereira Filho, na capital gaúcha, há cerca de dois meses. Em seu discurso logo após ser eleito presidente, em outubro, Paulo Odone chorou ao lembrar-se do companheiro, que já estava hospitalizado àquela altura.

Neste sábado, o Grêmio deve homenageá-lo com um minuto de silêncio antes do início da partida contra o Atlético-PR, no Olímpico. A causa da morte ainda não foi confirmada. Oliveira será sepultado na manhã deste domingo, em Porto Alegre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.