Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Futre e Figo exaltam "geração coragem" do sub 20 português

"Para Portugal está lá, é de um mérito enorme", comentou o ex-jogador Futre. Brasil x Portugal fazem final neste sábado

EFE |

Paulo Futre e Luís Figo, dois dos nomes mais importantes da história do futebol português, enalteceram a jovem categoria da seleção portuguesa, conhecida como "geração coragem", que neste sábado enfrenta o Brasil na decisão do Mundial sub 20.

"Tudo pode acontecer, a verdade é que foi uma surpresa. Para Portugal está lá, é de um mérito enorme", comentou o ex-jogador Futre, que vê diferenças entre o time atual e o que 20 anos atrás se proclamou campeão mundial sub 20 ao vencer o Brasil com Rui Costa e o próprio Figo no elenco luso.

Para o ex-jogador do Atlético Madri, a seleção comandada pelo técnico Idílio Vale "não tem o talento" daquela que ficou conhecida como "geração de ouro" de 1991, quando sequer eram nascidos. Mesmo assim, Futre reconhece que os jovens de hoje "demonstram personalidade e estão muito unidos".

Futre, de 45 anos, apontou o atacante Nelson Oliveira e o goleiro Michael, ambos do Benfica, e o meio Danilo, que joga no Parma, como os pilares fundamentais da seleção de Idílio Vale, que não levou um só gol durante toda a competição. Para ele, Oliveira, que soma três gols, é "o grande líder".

Em carta dirigida à jovem seleção, Figo, de 38 anos, afirmou que Portugal deve sentir "orgulho" pela campanha realizada até agora no Mundial sub 20, "independentemente do que acontecer na final com o Brasil". "É com intensa emoção que vejo a seleção - 20 anos depois de termos conseguido tal feito, com uma seleção da qual eu fazia parte - voltar a engrandecer o país e o futebol português", destacou o ex-jogador em sua carta.

Leia tudo sobre: futebol mundialportugalmundial sub 20 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG