Treinador, que não sabe quando contará com Deco, diz que reservas precisam estar sempre prontos

Quando Abel Braga afirmou assim que chegou ao Fluminense de que todos os jogadores do elenco teriam as mesmas oportunidades, ele não estava de brincadeira. Às vésperas de mandar a campo a quarta escalação diferente em quatro partidas, o treinador disse que lesões fazem parte do futebol e que quem não vem sendo aproveitado tem que estar mais bem preparado do que aqueles considerados titulares.

“Futebol tem fila. As lesões atrapalham, mas isso faz parte e eu não posso ficar reclamando. Eu quero contar com todos e quem está na fila precisa estar mais bem preparado do quem vem jogando. A oportunidade não avisa”, disse.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O discurso do treinador pode até ser duro, mas não deixa de ser verdadeiro. Do time que enfrenta o Atlético-PR nesta quinta-feira, apenas Mariano , Gum , Conca e Edinho foram titulares na estreia de Abel contra o Corinthians .

“Eu estou com vários jogadores no time que não vinham atuando, como Carlinhos , Souza e Diego Cavalieri , por exemplo. Eles aproveitaram as oportunidades e conquistaram a vaga no campo”, disse o treinador.

Entre tantas mudanças recentes, Abel Braga foi perguntado sobre como andava Deco . Sincero como de costume, o treinador disse que ainda não sabe quando poderá contar com o meia, um dos titulares na sua estreia.

“Sinceramente, eu não sei. Só sei que ele continua no departamento em fase final de tratamento, mas como não converso com os médicos faz tempo, eu ainda não sei quando ele terá condições de jogo”, afirmou, sem meias palavras.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

O treinador disse ainda que apesar da excelente atuação de Conca contra o Avaí, ele descartou usar o meia mais adiantado de imediato.

“O Conca não vai jogar de costas. Não tem essa dele ficar fixo lá na frente, mas foi uma saída que encontramos no jogo passado e que deu certo. Quem sabe quando for preciso numa emergência não o usamos mais avançado novamente. É um jogador que tem uma penetração excepcional”, explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.