Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Futebol da Turquia vive escândalo por esquema de apostas ilegais

Cerca de 30 pessoas foram presas por suspeita de manipulação de resultados. Campeão turco está envolvido

EFE |

EFE
O presidente do Fenerbahçe, Aziz Yildirim (à direita) foi um dos detidos neste domingo
Cerca de 30 pessoas ligadas ao futebol turco, entre diretores, técnicos e jogadores de várias equipes foram detidos neste domingo sob suspeita de terem "entregado" partidas para se beneficiar dos lucros de apostas. Entre eles está o presidente do Fenerbahçe, Aziz Yildirim, atual campeão turco e no qual atuam o meia Alex, o lateral André Santos e o zagueiro Diego Lugano, informou a agência de notícias "Anatolia".

Agentes do departamento de crime organizado estiveram nas residências dos suspeitos e nos edifícios dos clubes onde eles atuam durante a manhã, após uma longa investigação. O vice-presidente do Fenerbahçe, Sekip Mosturoglu, o recém-transferido jogador Sezer Oztürk e o presidente do Sivasspor, Mecnun Odyakmaz, também foram detidos.

A investigação tem como foco principal os resultados das últimas partidas do Fenerbahçe, que foram determinantes para que o time conquistasse o título. Fundado em 1907 no bairro Kadikoy de Istambul, o "Fener" é um dos clubes mais ricos da Turquia e foi 18 campeão nacional. Outras equipes da primeira divisão que também estão sendo investigadas por irregularidades nos resultados são Trabzonspor, Sivasspor e Besiktas.

Leia tudo sobre: Futebol mundialTurquiaFenerbahçe

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG