Dirigente disse que ocorreu uma troca de palavras casual com o atacante sobre o assunto

Reprodução
Suposta ficha de filiação de Kleber divulgada pela Gaviões da Fiel
No Palmeiras a ordem é ignorar a polêmica de que Kleber supostamente fez uma inscrição em 2001 para se tornar sócio da Gaviões da Fiel , principal torcida organizada do rival Corinthians . Nesta terça-feira, o diretor de futebol Roberto Frizzo comentou que recebeu uma posição do "Gladiador" sobre o assunto.

"A informação que me foi passada pelo atleta é que jamais fez essa inscrição. E se fez, foi há dez anos, quando jogava no São Paulo ", explicou o dirigente, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Frizzo assegura que não solicitou uma reunião com Kleber apenas para falar sobre o assunto - houve, portanto, uma troca de palavras casual. O diretor destaca que o assunto não trouxe consequências ao clima na Academia de Futebol.

Em compensação, Frizzo demonstra preocupação com a chance de problemas entre os torcedores de Palmeiras e Corinthians. Como o clássico será disputado em Presidente Prudente, as autoridades terão de aumentar a segurança nas estradas, desde o percurso dos ônibus das facções organizadas.

"Essa situação foi levantada para criar uma fumaça, mas nós não estamos dando importância. Eu só me preocupei com uma possível violência ou enfrentamento dos torcedores. Mas a nossa torcida se portou bem, como o próprio atleta não fez qualquer citação sobre o assunto", encerrou Frizzo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.