Dirigente alviverde é enfático ao citar que as conversas com Diego Tardelli não estão avançadas

Divulgação
Tardelli não está perto do Palmeiras, segundo o dirigente alviverde
O diretor de futebol do Palmeiras , Roberto Frizzo, não confirma as declarações do "técnico-jogador" do Anzhi, da Rússia, o experiente Roberto Carlos , de que o clube está próximo da contratação de Diego Tardelli. De forma surpreendente, o dirigente diz que não há nem sequer uma negociação em andamento com o ex-centroavante de Atlético-MG e São Paulo.

Mercado da bola: veja as transferências do futebol brasileiro

"Eu estou aqui no CT faz horas, não tem nenhuma conversa, não falei com ninguém. É um atleta interessante, mas não foi conversado com ninguém. O Palmeiras oficialmente não conversou com ninguém", disse o dirigente, em entrevista à Rádio Globo.

Confira ainda: Tardelli nega propostas oficiais do Brasil e tem futuro incerto

Roberto Carlos chegou a citar que já havia um acordo de 4 milhões de euros entre Palmeiras e Anzhi . O pagamento seria feito com a ajuda de um parceiro. Faltaria, portanto, um acerto salarial com o próprio Diego Tardelli. "Não vejo a chance de um investidor gastar esse dinheiro com um jogador da idade dele", ponderou Frizzo.

Mas o dirigente alviverde é enfático ao citar que as conversas com Diego Tardelli não estão avançadas como foi colocado por Roberto Carlos. "Pode ter havido uma conversa com o Sampaio (gerente), mas se houvesse uma negociação eu estaria sabendo. Não chegou nada na sala do diretor", insistiu.

O Palmeiras busca a aquisição de um centroavante, uma das carências do grupo na temporada. Outro nome citado é de William, do Avaí, contudo Roberto Frizzo mantém o mesmo discurso usado no caso de Tardelli.

"Nunca houve conversas para tratar do William", afirmou o diretor de futebol do Palmeiras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.