Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fred se encanta com torcida e critica violência argentina

Atacante do Fluminense torce para que a Conmebol dê algum tipo de punição ao Argentinos Juniors

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Impressionado com a recepção de mais de dois mil torcedores, que compareceram nesta quinta-feira ao Aeroporto Internacional Tom Jobim para recepcionar o Fluminense , após a heroica classificação na Copa Libertadores da América diante do Argentinos Juniors, o atacante Fred não poupou elogios à torcida.

Siga o iG Fluminense no Twitter e recebe todas as informações do seu time em tempo real

"Já esperava essa manifestação de carinho deles. Foi muito bom. A torcida nos acompanhou na Argentina, fez muito barulho dentro de campo. Está dando aquela 'liga' de novo, entre a torcida, o time e a diretoria do clube", afirmou o atacante.

Se ficou feliz com a recepção dos torcedores, Fred não estava nem um pouco satisfeito com a atitude dos jogadores do Argentino Juniors, que protagonizaram uma verdadeira batalha campal ao final da partida, partindo para a briga contra os atletas do Fluminense. Mas o que deixou o atacante indignado é que eles não sofreram agressão apenas dos rivais argentinos.

"O que foi muito triste, é que além do time deles, os seguranças e policiais também vieram para a briga, bateram na gente. Foi covardia. A gente não queria violência, mas nos defendemos. Agora é torcer para que a Conmebol tome medidas para que isso não aconteça mais", disse Fred, que fez questão de enaltecer o trabalho do técnico interino Enderson Moreira.

"Temos que agradecer a toda a comissão técnica pelo trabalho que vem sendo feito, mas especialmente o Enderson, que assumiu o comando do clube em um momento tão difícil. Ele sabe muito de dentro do campo, mas além disso tem o time todo na mão", afirmou o capitão do Fluminense.

Leia tudo sobre: FluminenseCopa Libertadores 2011Fred

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG