Tamanho do texto

Capitão diz que erros são normais, mas recrimina o dom do árbitro paranaense de irritar os jogadores

Photocamera
Fred criticou a atuação de Héber Roberto Lopes na derrota do Flu para o Bahia
As marcas das travas da chuteira do zagueiro Titi não ficaram somente na coxa esquerda de Fred . Pelo visto elas também ainda não saíram da cabeça do atacante do Fluminense . Inconformado com o cartão amarelo aplicado por Héber Roberto Lopes na derrota por 3 a 0 para o Bahia , domingo, em Pituaçu, após mostrar a perna machucada, o capitão tricolor detonou o árbitro paranaense.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Todos os jogos fora de casa que o Héber apita são difíceis. Ele acaba irritando todo mundo. No primeiro lance da partida contra o Bahia eu tomei um pisão, disse ao zagueiro que não precisava fazer aquilo e não falei nada com ele. Depois o mesmo jogador deixou a perna e a porrada foi bem forte. Ele fez aquela cena toda e me deu amarelo. Ele faz isso para inibir qualquer tipo de conversa. Foi uma palhaçada”, disse Fred.

A irritação do atacante com a arbitragem de Héber não ficou apenas nisso. Revoltado com a forma com que o árbitro conduz as partidas, Fred pediu providências à diretoria do Fluminense para que ele não seja mais escalado nos jogos do clube carioca.

Entre para a torcida virtual do Fluminense e convide os seus amigos

“Se o Fluminense conseguisse tirar o Héber de apitar nossos jogos seria um grande feito. Não queremos que um árbitro nos ajude. Até se ele atrapalhar com um erro, é normal. Isso faz parte do futebol. Só não queremos mais esse tipo de intimidação que ele está fazendo. É algo que atrapalha a equipe inteira, desconcentra”, desabafou o jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.