Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fred parte em defesa de Conca após eliminação do Fluminense

Atacante se solidarizou com meia argentino, que desperdiçou a primeira cobrança na disputa de pênalti

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O atacante Fred foi solidário ao companheiro Conca. O meia desperdiçou a primeira cobrança na disputa de pênalti contra o Boavista, nesta sábado, no Engenhão, na semifinal da Taça Guanabara. Após empate em 2 a 2 no tempo normal, o Fluminense sucumbiu à modesto equipe de Bacaxá (4 a 2), dando adeus à competição. Os dois conversaram no vestiário. Fred pediu para o craque argentino permanecer de cabeça erguida.

Photocamera
Conca perdeu um pênalti e também não teve boa atuação contra o Boavista
“Ele estava triste. Falei para ele levantar a cabeça. Disse que não foi ele que perdeu. Foi todo mundo, o time perdeu. Vamos lembrar que ano passado o Conca ganhou o Brasileiro quase nas costas”, ressaltou Fred, referindo-se à participação do meia na campanha do tricampeonato brasileiro do Fluminense. Conca foi eleito o craque da competição, disputando os 38 jogos.

nullNa quarta-feira, o Fluminense recebe o Nacional, do Uruguai, no Engenhão, pela segunda rodada da Taça Libertadores. Fred, que neste sábado foi substituído no intervalo reclamando de dores na panturrilha esquerda, garante presença. Logo no começo do jogo, ele sofreu uma forte pancada e, por duas vezes, com menos de 25 minutos, já tinha se queixado com os médicos à beira do campo.

O atacante promete estar em campo na quarta-feira. A opção pela sua saída foi estratégica. O Fluminense vencia por 2 a 1 e no entendimento da comissão técnica era mais prudente preservar o artilheiro tricolor para o compromisso pela Libertadores. Agora, com a eliminação na Taça Guanabara, aumenta a obrigação de vitória diante do Nacional. Na estreia, também no Engenhão, o campeão brasileiro apenas empatou com o Argentino Juniors.

Fred avisa que o vexame frente ao Boavista não vai desestruturar a equipe na Libertadores.

“Mais do que nunca, nós vamos focados para o jogo com o Nacional. Queremos muito este título inédito da Libertadores. Acho que é hora de a torcida estar do nosso lado. Precisamos estar todos juntos”.
 

Leia tudo sobre: fluminensecampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG