Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fred nega lei da mordaça e diz que gramado não melhorou em nada

Capitão lembra que campo das Laranjeiras é o mesmo desde 2009 e afirma que não se recusa a dar entrevista

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Se em 2010 Fred passou mais da metade da temporada sem falar com os jornalistas, nesse início de 2011 o atacante do Fluminense está com a língua solta. Nesta quinta-feira, o jogador voltou à sala de imprensa e fez jus ao posto de capitão. Sem deixar nenhuma pergunta sem resposta. o camisa 9 tricolor negou qualquer tipo de boicote à imprensa, disse que entende a insatisfação de Rafael Moura e afirmou que o campo das Laranjeiras continua o mesmo desde que chegou ao clube em 2009.

Embora tenha saído em defesa de seu amigo e principal concorrente no elenco, Fred tratou o assunto com cuidado e afirmou que sempre que pode alerta os companheiros antes das entrevistas coletivas.

“Normal ele falar que está insatisfeito. Todo mundo quer jogar. Falo para eles (jogadores) tomarem cuidado para não cair na pilha de vocês (jornalistas) nas perguntas da coletiva. Não concordo, já estou me acostumando como o modo de vocês de tratar os assuntos para desestabilizar ou tirar alguma bomba do grupo. É o trabalho da imprensa, mas existe uma conversa entre nós. Peço precaução no que cada um vai falar”, disse.

Mesmo assim, Fred afirma que não existiu qualquer tentativa de lei da mordaça por parte dos jogadores. Assim como Mariano já havia dito quarta-feira, o atacante disse que foi uma situação atípica, que respeita o trabalho dos jornalistas e que em momento algum foi solicitado pela assessoria para dar entrevistas.

“Eu li em alguns lugares que o chefe da assessoria tentou me convencer a falar eu me recusei. Não teve nada disso, nós estávamos conversando sobre outra coisa. Talvez tenha faltado um planejamento por parte deles para designar alguém para falar naquele dia”, explicou Fred.

Ao ser perguntado se as condições do gramado das Laranjeiras haviam melhorado desde que o técnico Muricy Ramalho reclamou publicamente, Fred pensou, demorou a responder, mas foi sincero.

“O campo é o mesmo desde quando cheguei aqui em 2009. Conversei com o Mário Bittencourt (assessor da presidência do clube) e ele me disse que está tendo um cuidado especial neste aspecto. Até reparei que a grama ficou um pouquinho mais alta. Mas não mudou muito. O gramado do Engenhão também é ruim. No Uruguai também. O campo que o Cruzeiro jogou ontem (quinta), então, é três vezes pior do que o nosso”, disse Fred, para depois fazer um apelo, até bem humorado, aos jornalistas.

“Eu só espero que não vocês (imprensa) não escrevam que o Fred disse que o campo das Laranjeiras é uma m...., porque não foi isso que eu disse”, pediu o atacante.




 

Leia tudo sobre: Campeonato Carioca 2011FluminenseFred

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG