Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fred marca duas vezes e garante vitória do Flu sobre o Palmeiras

Com o resultado positivo, time carioca chegou aos 50 pontos e se manteve na briga pelo título

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Quando tudo parecia que caminhava para um empate no Canindé, Fred voltou a decidir para o Fluminense. Com dois gols, o segundo aos 40 minutos do segundo tempo, o atacante assegurou a vitória do campeão brasileiro sobre o Palmeiras por 2 a 1, neste domingo, na capital paulista, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Valdivia, de pênalti, descontou para a equipe paulista.

Com a vitória, o Fluminense chegou aos 50 pontos e se manteve vivo na briga pelo título do Brasileirão. Já o time paulista, caiu para a 12ª colocação, segue com 41 pontos e agora vai brigar apenas por uma vaga na Sul-Americana.

null

O jogo
Durante a semana, o técnico Abel Braga prometeu um Fluminense ofensivo no Canindé. Em campo, o time cumpriu a promessa, partiu para cima do Palmeiras e quase abriu o placar logo na primeira oportunidade de gol, aos sete minutos. Marquinho recebeu pela esquerda, driblou Paulo Henrique e soltou a bomba. Deola espalmou para escanteio.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Campeonato Brasileiro

O domínio era total do time carioca e, aos dez, Fred colocou o Fluminense na frente. Carlinhos recebeu pela esquerda, cruzou para dentro da área e Thiago Heleno não achou a bola, que chegou na medida para o atacante tricolor cabecear para dentro do gol.

Apesar da vantagem, a equipe de Abel Braga não tomava conhecimento do adversário e seguia no ataque. Aos 12, Fred recebeu cruzamento de Carlinhos dentro da área e tocou para Rafael Sobis. O atacante deu um drible de corpo em Chico e chutou forte no meio do gol, mas Deola espalmou.

Dois minutos depois, o Palmeiras finalmente assustou Diego Cavalieri. Ricardo Bueno arriscou de fora da área e obrigou o goleiro tricolor a espalmar para escanteio.

Mas a pressão do Fluminense era muito grande e o time carioca desperdiçava uma oportunidade atrás da outra. Aos 21, Deco, numa enfiada de bola sensacional, achou Mariano livre pela direita. O lateral-direito cruzou rasteiro para dentro da área, mas Fred, quase em cima da linha, chegou atrasado.

Aos 29, foi a vez de Rafael Sobis perder outra boa chance. Fernando Bob avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Sozinho, o atacante tricolor chutou fraco nas mãos de Deola.

O auxiliar Flávio Murtosa, substituto de Luis Felpe Scolari, que viajou para Portugal para acompanhar o casamento do filho, perdeu a paciência com a fragilidade do lado direito da defesa do Palmeiras e trocou Paulo Henrique por Rivaldo.

A substituição surtiu efeito e o Fluminense diminuiu o ritmo. Melhor para o Palmeiras, que equilibrou as ações no meio campo e teve duas boas chances de empatar: aos 40, num chute rasteiro de Rivaldo de fora da área que tirou tinta da trave direita de Diego Cavalieri e, as 44, numa cabeçada de Ricardo Bueno, que o goleiro tricolor fez grande defesa.

Aos duas equipes voltaram do intervalo com as mesmas formações, mas o panorama da partida mudou. Mais arrumado, o Palmeiras voltou para cima do Fluminense e teve uma ótima chance para marcar com Luan, aos 12 minutos. O atacante chutou rasteiro e Cavalieri resvalou de leve na bola e evitou o empate.

O Fluminense deu o troco aos 19, e desperdiçou uma excelente chance de matar o jogo com Martinuccio. O argentino recebeu no mano a mano com Deola, tocou por cima do goleiro do Palmeiras, mas errou o alvo e a bola saiu pela linha de fundo.

Apesar da ótima chance desperdiçada pelo Tricolor, o Palmeiras continuava melhor e chegou ao empate em um erro grosseiro de Francisco Carlos Nascimento. Aos 25, Luan se jogou na área, mas o árbitro enxergou um toque inexistente de Martinuccio no atacante do Palmeiras. Na cobrança, aos 27, Valdivia cobrou com categoria e deixou tudo igual.

Quando tudo parecia que terminaria igual no Canindé, o iluminado Fred voltou a decidir para o Fluminense. Depois de um chutão para cima despretensioso da defesa tricolor, Martinuccio levou a melhor sobre a defesa palmeirense, fez grande jogada pela esquerda e cruzou na medida para o atacante, que só escorou para fazer o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS 1 X 2 FLUMINENSE

Local: Canindé (SP)
Data: 16 de outubro de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL/FIFA)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Carlos J. Titara da Costa (PR)
Cartão amarelo: Valdivia (PAL), Márcio Rosário (FLU), Marquinho (FLU), Carlinhos (FLU), Fred (FLU), Thiago Heleno (PAL), Chico (PAL)

Gols:
Fluminense: Fred, aos 10 minutos do primeiro tempo e aos 40 do segundo tempo
Palmeiras: Valdivia, aos 27 do segundo tempo

Palmeiras: Deola, Paulo Henrique (Rivaldo), Henrique, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Chico, Márcio Araújo, Valdivia e Luan; Maikon Leite e Ricardo Bueno (Fernandão). Técnico: Flávio Murtosa

Fluminense: Diego Cavalieri; Mariano, Leandro Euzébio, Márcio Rosário e Carlinhos; Valencia, Fernando Bob, Marquinho (Martinuccio) e Deco (Diogo); Rafael Sobis (Lanzini) e Fred. Técnico: Abel Braga

 

Leia tudo sobre: BrasileirãoFluminensePalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG