Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fred diz que foi o primeiro atleta a saber da saída de Muricy

Diferentemente do que foi divulgado, os jogadores já sabiam da saída do treinador antes do clássico

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Ao contrário do que foi dito pelo presidente Peter Siemsen, domingo, no Engenhão, e pelo próprio Muricy Ramalho, na segunda-feira, alguns jogadores do Fluminense já sabiam do pedido de demissão antes do clássico contra o Flamengo. Capitão do time, Fred afirmou nesta quarta-feira, nas Laranjeiras, que foi o único jogador a ser comunicado pela diretoria no sábado sobre a saída do treinador.

“Eu soube no sábado que o Muricy sairia. Fui o único jogador a ser informado. Depois achei melhor procurar alguns jogadores e dar a notícia, mas o Muricy mesmo não disse a ninguém. Mas após a reunião com o presidente no sábado, todos nós tivemos conhecimento de tudo que estava acontecendo e ficamos ansiosos para saber se ele realmente sairia”, revelou Fred.

Se a intenção da diretoria em esconder a versão verdadeira era evitar comentários de que uma suposta derrota para o Flamengo teria sido causada pela crise política, o tiro saiu pela culatra. Primeiro pelo resultado do jogo, mas, principalmente, pelo comprometimento e união do grupo.

“A maior prova de que a saída dele não vai interferir no nosso trabalho foi o desempenho do time no Fla-Flu. Sabíamos de tudo antes do jogo, mas mostramos empenho, um bom futebol e até merecíamos a vitória. Mas não temos como negar que nos primeiros dias a notícia deu um baque e ficamos tristes por tudo o que se passou. Mas esse grupo é fechado demais e muito consciente das nossas responsabilidades”, explicou Fred.

Recuperado de sua nona lesão desde que chegou ao Fluminense, o jogador preferiu se esquivar ao ser questionado por um jornalista se alguma dessas lesões teria sido causada pelo péssimo estado do gramado criticado por Muricy Ramalho.

“Eu não vou vir aqui e ficar falando sobre isso. Quando eu falei sobre o Michael (Simoni), alguns disseram que eu estava querendo dar uma de médico. Agora não vou ficar criticando a estrutura do clube porque não sou preparado para isso. Eu estou no Fluminense há dois anos, é claro que eu também quero um CT, um campo bom e condições maravilhosas para trabalhar, mas o Fluminense é esse e é assim que nós vamos dar continuidade no nosso trabalho”, afirmou Fred.

Leia tudo sobre: Campeonato Carioca 2011FluminenseFred

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG