Capitão do Fluminense, atacante afirma que técnico já passou confiança ao grupo com primeiras entrevistas

Fred também dá o aval para Enderson Moreira
Photocamera
Fred também dá o aval para Enderson Moreira
Capitão do Fluminense , Fred nunca escondeu de ninguém que o grupo foi pego de surpresa e sentiu bastante o inesperado pedido de demissão de Muricy Ramalho . Mas, para o atacante, pior do que a saída do técnico tetracampeão brasileiro foi a indefinição em torno do nome do novo comandante tricolor. Feliz com a chegada de Enderson Moreira , contratado como auxiliar permanente e muito elogiado por todos, Fred aprovou também  o acerto verbal com Abel Braga e já se revelou um fã incondicional de seu futuro comandante.

“Eu vi a entrevista do Abel e fiquei fã do cara. Ele deu confiança para o grupo, revelou o prazer de voltar a trabalhar no Fluminense e demonstrou um enorme carinho pelo clube. O torcedor fica louco com isso. Nada foi forçado, pois ele tem uma história nas Laranjeiras. Nós ficamos muito felizes pela contratação dele e pela chegada do Enderson, que continuará com a gente depois que o Abel assumir”, elogiou Fred.

Apesar da semana turbulenta e das incertezas que o clube viveu após a saída de Muricy, o atacante afirma que a maior preocupação de todos nas Laranjeiras era com a falta de comando dentro de campo, sanada com a contratação de Enderson Moreira.

“Nós ficamos sem treinador e isso nos prejudicou. O Ronaldo nos ajudou como pôde, mas ele não é treinador de origem. Por sorte, chegou o Enderson. Ele nos motivou, treina muito e entende demais de futebol. Ele conseguiu encaixar o time, impôs seu estilo e nós aceitamos e melhoramos. A virada contra o América mexeu com o grupo, com o torcedor e isso devolve a confiança”, explicou o atacante, que revelou um pacto entre grupo.

“O Enderson chegou bem e não teve problema de respeito ou falta de tranquilidade para trabalhar. Esse é um compromisso dos jogadores. Receber bem todos que chegam para nos ajudar. Ele implantou coisas novas e trabalhos técnicos e táticos que tem nos ajudado muito”, acrescentou.

Se a maior lacuna do principal departamento do clube foi preenchida com sucesso por Enderson Moreira, fora das quatro linhas o Fluminense segue sem um gerente e um vice-presidente de futebol. Capitão do time, Fred garante que isso jamais afetou o ambiente de trabalho de grupo e prefere deixar esse problema para a diretoria resolver.

“Isso fica com a diretoria. Nós estamos bem. O que afetava era a parte dentro de campo. Os problemas fora do campo nunca atrapalharam”, afirmou Fred.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.