Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fora do Flamengo, Zico apoia projeto lançado pelo clube

Ídolo não compareceu ao evento, mas clube exibiu vídeo no qual ele aparece dizendo que já comprou 20 tijolos

Agência Estado |

Embora tenha deixado o cargo de diretor executivo de futebol do Flamengo por não concordar com atitudes de dirigentes que fazem parte da atual gestão do clube, o ídolo Zico segue presente com força na Gávea. Nesta terça-feira, ele ajudou a promover o evento que serviu para lançar o projeto "Rubro-negro para sempre", que tem o objetivo de atrair a ajuda financeira dos torcedores flamenguistas para construção do novo Centro de Treinamento do time.

Zico não compareceu ao evento, mas o Flamengo exibiu um vídeo no qual o ex-jogador aparece dizendo que já comprou "20 tijolos" - para reconhecer o esforço do seu torcedor, o clube está entregando um tijolo simbólico, ao preço de R$ 250 cada um - e com isso está dando a sua parcela de colaboração para a construção do CT. "Fiquei muito orgulhoso em receber o tijolinho número 10. Ele está incluso nos 20 que eu comprei para o clã Antunes. E o meu não é o mais importante deles. Sem dúvida é o do velho Antunes, que começou toda saga Flamengo na família", ressaltou Zico.

A coletiva de apresentação do novo projeto contou com a participação da presidente Patrícia Amorim, do técnico Vanderlei Luxemburgo e de outros dirigentes e representantes de patrocinadores do clube, enquanto a plateia teve a presença de atletas revelados nas categorias de base, como Julio Cesar Uri Geller, Adílio e Rondinelli, assim como o atacante Diego Maurício, também uma cria da Gávea, que faz parte do atual elenco flamenguista.

"Hoje estamos materializando um sonho do Flamengo. É no CT que nossas futuras gerações vão se preparar, se desenvolver e é assim que mantemos a chama do clube revelador de talentos acesa. O orgulho que tenho como presidente é conseguir tocar este grande projeto, que hoje compartilhamos com os torcedores e associados. A ideia da campanha é democratizar, a todos os rubro-negros, a possibilidade de participar da construção do Flamengo do futuro. Não é um projeto dessa diretoria; é um projeto do Flamengo. Temos orgulho disso. A campanha será um grande sucesso. O Flamengo merece. O esforço concentrado de todos nós é fundamental. Essa campanha deixa o torcedor mais próximo do clube", ressaltou Patrícia Amorim.

Luxemburgo também festejou o novo projeto e espera poder ajudar na realização do mesmo de forma efetiva. "Sempre falei que sou flamenguista, nunca escondi isso assim como não escondo minha satisfação por estar de volta ao clube. Minha saída daqui, como treinador, marcou minha carreira no futebol, por isso sempre projetei meu retorno. Agora, estou retornando para ajudar e fazer parte deste projeto. É um momento nobre. Eu vou querer um tijolinho para mim, não só como técnico, mas quero entrar para a história do clube. Quero comprar, quero ajudar a construir esse Centro de Treinamentos. Poder participar disso ativamente, para mim, é muito bom", completou.

Para aumentar o número de vendas simbólicas de tijolinhos que na verdade se reverterão em verbas para a construção do novo CT, o Flamengo informou que a compra de cada um pode ser feita por meio de cartão de crédito, sendo que o valor de R$ 250 tem a opção de ser pago em até cinco parcelas por meio desta forma de pagamento.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroflamengofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG