Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense volta a Barueri, encontra desmotivado Palmeiras e deve unir torcidas mais uma vez

Time paulista não tem mais nada a disputar no Brasileiro e deve ver seus próprios torcedores querendo gol de rival que briga com Corinthians pelo título. Se vencer e o Corinthians perder, Flu será campeão

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854148721&_c_=MiGComponente_C

O Fluminense volta à Arena Barueri neste domingo com um cenário muito parecido ao que encontrou no fim de semana passado, quando goleou o São Paulo por 4 a 1. A diferença é que o rival do jogo que começa às 17h será o Palmeiras. Com 11 mil ingressos destinados aos visitantes, o time carioca deve se sentir em casa.

Assim como a equipe do Morumbi, os comandados de Felipão não têm grandes motivos para vencer. O Palmeiras já tem a classificação assegurada para a Copa Sul-Americana e não tem chances de chegar à zona de Libertadores. E para piorar a situação, se vencer os 11 de Muricy Ramalho, pode entregar o título de bandeja para o arquirrival, o Corinthians.

Justamente por causa disso, a torcida palmeirense deve repetir os são-paulinos e não se incomodaram com os gols do Fluminense. Um protesto na Academia de Futebol no sábado já mostrou isso. No Palmeiras, o clima é de fim de temporada e os jogadores já pensam nas férias. No treinamento de sexta-feira, Felipão não mostrou qual time escalará e fica difícil saber como o time paulista vai a campo.

Vinte e dois jogadores foram relacionados e cinco serão cortados até a hora do jogo. Danilo, teve dores na coxa e dificilmente irá ao jogo. Edinho, Lincoln e Valdivia são desfalques. A dica de que os 11 que iniciarão o jogo serão formados por uma mistura entre titulares e reservas vêm da diretoria.

"Acho que o Luiz Felipe (Scolari) vai colocar a base do time que vinha disputando o Brasileiro (time reserva). Quem vem de baixo, do sub 20, do time B, quer mostrar futebol. Acho que o Felipão vai fazer uma mescla: time do Brasileiro com alguns jogadores que atuaram na quarta-feira. A base será o 'time titular' do Campeonato Brasileiro" afirmou o assessor especial da presidência Antônio Carlos Corcione.

Do outro lado, tentando ignorar a possibilidade de ganhar mais um jogo de um adversário que fará pouca força, o Fluminense pede foco e afirma que o importante é levar os três pontos para o Rio de Janeiro, para ficar ainda mais perto do título.

"Eu posso falar em nome do grupo. Nós não estamos preocupados com quem vai entrar em campo pelo Palmeiras. Temos apenas que nos preocupar com nossa equipe e em fazer o que treinamos durante a semana.  O Palmeiras é um clube grande, tem uma história e por isso respeitamos todos os jogadores que lá estão. Vamos jogar da mesma  maneira e com a mesma determinação independentemente de quem jogar", explicou Emerson.

Há, também, uma chance da Arena Barueri ser o lugar da volta olímpica do campeão brasileiro. Caso o Fluminense vença, o Corinthians perca para o Vasco e o Cruzeiro empate contra o Flamengo, Muricy poderá comemorar seu quarto título brasileiro como treinador. O fato não anima o treinador.

"Tudo pode acontecer ainda, mas sabemos que existe uma probabilidade de conquistamos o título dependendo de uma combinação de resultados porque estamos na frente. Mas eu só penso no Palmeiras para não desviar o nosso foco. Quando você pensa muito nos outros resultados acaba deixando de se concentrar no que tem de fazer", disse o ex-treinador de Palmeiras e São Paulo que pode escalar o quarteto dos sonhos da torcida, com Deco, Conca, Emerson e Fred.

Enquanto pensa no título, Muricy também se prepara para uma possível dor de cabeça. Oito de seus jogadores estão pendurados e, se tomarem o terceiro cartão amarelo, não enfrentam o Guarani na última rodada do Brasileirão. Leandro Euzébio, Diogo, Conca, Deco, Fred, Marquinho, Tartá e Washington são os que precisarão de cuidados extras.

"O que eu sempre peço aos meus jogadores é que evitem fazer em campo tudo aquilo que os árbitros não gostam. Carrinhos, entradas fortes por trás e, principalmente, reclamações. Essa é a orientação, mas jogador tem que entrar em campo livre para jogar sem pensar nisso", finalizou Muricy.


FICHA TÉCNICA: PALMEIRAS X FLUMINENSE

Local:
Arena Barueri, Barueri (SP)
Data: 28 de novembro de 2010, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF/Asp.Fifa)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas e Cesar Augusto de Oliveira Vaz (ambos do DF)

PALMEIRAS: Deola; Vitor, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Gabriel Silva; Pierre, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Tinga; Luan e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Deco e Conca; Emerson e Fred
Técnico: Muricy Ramalho

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG