Na próxima rodada o Fluminense vai receber o Duque de Caxias no Engenhão, em busca da quinta vitória

nullEm um jogo muito movimentado, o Fluminense venceu por 4 a 2 a Cabofriense, neste domingo, em Macaé, e manteve os 100% de aproveitamento no grupo B da Taça Guanabara. Com o resultado, os tricolores chegaram a 12 pontos e estão empatados com o Botafogo, só perdendo no saldo de gols para os alvinegros. Já a equipe da Região dos Lagos segue sem pontuar na competição.

O destaque da partida foi o atacante Fred, que marcou duas vezes na partida. Ele abriu o placar aos seis minutos após receber passe de Souza em cobrança de falta ensaiada. A Cabofriense virou com gols de Capixaba e Diego Sales, mas sofreu a nova virada, após gols de Fred, novamente, e Willians.

Na próxima rodada, a Cabofriense vai até o Rio de Janeiro para encarar o Madureira, na quarta-feira. No dia seguinte, o Fluminense vai receber o Duque de Caxias no Engenhão.

O jogo

Mesmo sob forte calor, o Fluminense não tomou conhecimento da Cabofriense e partiu para cima em busca da abertura do placar desde o apito inicial do árbitro. O tricolor conseguia chegar com facilidade perto da área adversária e não demorou muito para fazer o primeiro gol. Logo aos seis minutos, Souza cobrou falta ensaiada pela direita e rolou rasteiro para o meio da área. O atacante Fred apareceu sozinho e chutou no canto esquerdo de Fábio.

Mesmo após o gol, o Fluminense seguia melhor em campo e se deu ao luxo de diminuir o ritmo. No entanto, os tricolores conseguiam chegar com perigo ao gol da Cabofriense. Aos 24 minutos, Carlinhos fez boa jogada e tocou dentro da pequena área para Rodriguinho. Só que o atacante tocou por cima do gol de Fábio desperdiçando a chance de marcar o segundo.

A primeira boa chance da Cabofriense aconteceru aos 28 minutos. O meia Wagner foi lançado na área e chutou de frente para Diego Cavalieri. No entanto, a bola foi em cima do goleiro tricolor, que espalmou e sobrou novamente para o jogador do time da Região dos Lagos. Só que na segunda tentativa, ele furou e perdeu a oportunidade de empatar o placar.

O lance animou a Cabofriense, que passou a buscar mais o ataque e conseguiu o empate aos 31 minutos. Zotti cruzou pela esquerda para Capixaba. O atacante dominou sozinho e tocou na saída de Diego Cavalieri.

A igualdade no placar deixou a partida mais movimentada, pois obrigou o Fluminense a buscar com mais intensidade o ataque. No entanto, a Cabofriense permanecia melhor em campo e chegava com mais perigo ao gol de Diego Cavalieri. Só que aos 40 minutos, o tricolor teve ótima chance quando Mariano foi lançado na área pela direita e cruzou rasteiro. Fred fez o corta luz para Rodriguinho finalizar. O zagueiro Matheus salvou na linha e a bola sobrou para Tartá. Mas, o atacante chutou por cima do gol de Fábio para desespero da torcida.

nullA oportunidade assustou a Cabofriense, que recuou e impediu que o Fluminense tivesse mais chances de terminar o primeiro tempo a frente no placar.

No início do segundo tempo aconteceu o inverso do primeiro. A Cabofriense foi quem foi para cima do Fluminense e conseguiu virar o placar logo com cinco minutos. O meia Diego Sales fez boa jogada individual e foi derrubado por Souza dentro da área. O árbitro marcou pênalti que o mesmo Diego Sales cobrou com categoria deslocando Diego Cavalieri.

O revés fez o Fluminense partir para cima da Cabofriense em busca do empate. Em poucos minutos, os tricolores tiveram duas boas chances, com Mariano e Edinho. Na primeira, o goleiro Fábio fez boa defesa enquanto que na segunda a bola passou muito perto do gol.

Após um período em que a Cabofriense conseguiu impedir os avanços do Fluminense, o tricolor teve ótima chance aos 18 minutos. Marquinho tabelou com Conca e recebeu no bico da pequena área, mas chutou errado. Só que dois minutos depois os comandados de Muricy Ramalho chegaram ao empate. Depois de cobrança de escanteio, o zagueiro André Luís subiu mais que os adversários e cabeceou. A bola ainda bateu na trave direita de Fábio antes de entrar.

Para melhorar a situação do Fluminense, a Cabofriense teve um jogador expulso aos 31 minutos. O zagueiro Alysson fez falta em Fred e como já tinha cartõa amarelo, recebeu o segundo e o vermelho. Com um a mais em campo, o tricolor virou o jogo aos 34. Após boa jogada de Willians, a bola foi tocada para Fred, que acertou belo chute de dentro da área sem chance para Fábio.

Quando os tricolores ainda comemoravam a virada, o Fluminense ampliou o placar aos 38 minutos. Após jogada pela esquerda, A bola foi cruzada para Willians. O atacante só teve o trabalho de tocar para a rede da Cabofriense e decretar a vitória em Macaé.

Nos minutos finais, o Fluminense só administrou o resultado até o apito final do árbitro.

Atacante Fred comemora após marcar em mais uma vitória do Fluminense no Campeonato Carioca
AE
Atacante Fred comemora após marcar em mais uma vitória do Fluminense no Campeonato Carioca

FICHA TÉCNICA
CABOFRIENSE 2 x 4 FLUMINENSE

Local: Estádio Claudio Moacyr, Macaé (RJ)
Data: 30 de janeiro de 2011 (domingo)
Horário: 17 horas
Árbitro: Felipe Gomes da Silva
Assistentes: Ricardo Mauricio de Almeida e Eduardo de Souza Couto
Cartões amarelos: Rodrigo Santos (Cabofriense); André Luís, Carlinhos e Diguinho (Fluminense)
Cartões vermelhos: Alysson (Cabofriense)
Gols: CABOFRIENSE: Capixaba, aos 31min do primeiro tempo; Diego Sales, aos 5min do segundo tempo
FLUMINENSE: Fred, aos 6min do primeiro tempo e 34min do segundo tempo; André Luís, aos 20min do segundo tempo; Willians, aos 38min do segundo tempo

CABOFRIENSE: Fábio; Alyson, Rodrigo Santos e Matheus; Schneider, Luciano Toto, Wagner, Diego Sales e Zotti (Alexandre Calango); Capixaba (Assunção) e Allan (Diego)
Técnico: Waldemar Lemos

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, André Luís, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza (Willians) e Tartá (Marquinho); Rodriguinho (Conca) e Fred
Técnico: Muricy Ramalho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.