Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense tem problemas para o clássico contra o Vasco

Além dos já conhecidos desfalques de Diogo, Deco, Emerson e Fred, treinador Muricy Ramalho não deve ter Diguinho e Washington para o clássico carioca

Gazeta Esportiva |

O Fluminense conseguiu se manter na liderança do Campeonato Brasileiro mesmo após o empate sem gols com o Internacional, na noite de quarta-feira, em Porto Alegre. Passado o resultado, o time das Laranjeiras já começa a projetar o clássico do próximo domingo contra o Vasco, às 19h30 (horário de Brasília), no Engenhão. Porém, como tem sido hábito constante, o técnico Muricy Ramalho possui sérios problemas para definir a equipe, o que só deverá acontecer na atividade desta sexta-feira.

O treinador já não vem podendo escalar o volante Diogo, com um problema no ligamento do joelho direito, o meio-campista Deco, que está com uma lesão na coxa direita, e nem os atacantes Emerson, com edema no pé direito, e Fred, com edema na panturrilha esquerda. Agora, ele não terá, diante do Vasco, o volante Diguinho, que vai cumprir suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Internacional.

A lista de desfalques ainda pode aumentar caso o atacante Washington seja vetado pelo departamento médico. O jogador foi substituído no segundo tempo do confronto diante do Internacional após atuar vários minutos com fortes dores no ombro direito, que precisou ser recolocado no local correto. O atacante foi reavaliado nesta quinta-feira, mas apenas na sexta-feira haverá um posicionamento melhor sobre seu caso.

Sem Diguinho e Diogo, o treinador do Fluminense vai ser obrigado a escalar uma dupla de volantes considerada reserva no clássico. O jovem Fernando Bob vai compor o setor com o colombiano Valencia.

O ataque porém é o setor que mais preocupa o comandante. Caso Washington seja vetado, as únicas opções de Muricy Ramalho serão Tartá, que ganhou a condição de titular contra o Internacional, e Rodriguinho, que cada vez mais vem perdendo a confiança do comandante e nunca conseguiu se firmar entre os titulares. Ao comentar o assunto, o treinador chegou a considerar a hipótese de escalar Fred, que vem sendo trabalhado para retornar somente no duelo contra o Goiás, na rodada seguinte.

"A nossa expectativa é que o Fred possa retornar contra o Goiás e ele vem sendo trabalhado para isso. A sua presença no domingo seria algo diferente do esperado", explicou Muricy Ramalho.

O treinador prefere manter a esperança de poder contar com Washington. Muricy Ramalho valorizou o esforço feito pelo "Coração Valente" para permanecer em campo contra o Internacional e assegurou que o considera fundamental para o time. O artilheiro vem atravessando uma péssima fase, estando há 11 partidas sem conseguir balançar as redes adversárias.

"O Washington é um jogador que briga os noventa minutos. Tanto que jogou contra o Internacional boa parte do tempo enfrentando fortes dores no ombro. Jogadores como esse serão sempre importantes dentro de um elenco que pretende lutar por títulos. Mesmo ele sendo muito criticado em vários momentos por quem está de fora, nós temos muita confiança em seu potencial", disse Muricy.

O elenco do Fluminense se reapresentou nesta quinta-feira, mas realizou apenas um trabalho regenerativo. Nesta sexta-feira Muricy Ramalho, na parte da manhã, vai comandar a primeira atividade tática visando ao confronto diante do Vasco. Neste treino deverá começar a existir uma definição em relação à formação que vai a campo. No sábado pela manhã os jogadores participam de um recreativo, pela manhã, nas Laranjeiras, e depois começa o período de concentração para o clássico diante dos vascaínos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG