Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense sofre com desgastante viagem para a Venezuela

Time levou quase 13 horas para chegar até Barinas. Chuva forte vetou reconhecimento de campo

iG Rio de Janeiro |

Nelson Perez/FluminenseF.C.
Fluminense enfrentou longa viagem até Barinas
Após uma cansativa maratona de voos e conexões, o time do Fluminense já está na Venezuela, onde enfrentará o Zamora na noite de quinta-feira, pela quarta rodada do Grupo 4 da Libertadores. O elenco do clube carioca desembarcou na cidade venezuelana de Barinas durante a madrugada desta quarta e foi diretamente para o hotel descansar.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ao todo, foram quase 13 horas para chegar ao destino. Depois de ter treinado na manhã de terça-feira no Rio, a delegação do Fluminense embarcou para a Venezuela no começo da tarde. O avião fez uma escala em São Paulo antes de seguir para Caracas. Ainda foi preciso esperar mais quatro horas no aeroporto da capital venezuelana até pegar um voo fretado para a cidade de Barinas.

Leia mais: Após seis meses fora, Gum voltará a ser titular contra o Botafogo

"Às vezes, no futebol, temos que passar por isso. Estamos exaustos, mas o que importa é a conquista dos três pontos na quinta-feira, o que nos deixaria bem próximos da classificação às oitavas de final da Libertadores", disse o atacante Fred, capitão do Fluminense, ao desembarcar em Barinas já na madrugada desta quarta-feira.

Veja também: Maioria dos grandes clubes do Brasil financia organizadas

Mesmo cansados, os jogadores do Fluminense ainda fariam um treino de reconhecimento no gramado do Estádio Agustín Tovar, mais conhecido como La Carolina, local da partida de quinta-feira, mas a forte chuva que caiu no local impediu a atividade. Assim, o tricolor realizará um treinamento nas instalações do exército local.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG