Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense segue sofrendo ajustes para 2011

Atual campeão brasileiro negocia reforços e também libera jogadores para a próxima temporada

Gazeta |

Enquanto acerta a contratação de reforços para as competições do próximo ano, a diretoria do Fluminense começa a fazer os ajustes no elenco. Enquanto o meia Souza, o atacante Araújo e o goleiro Diego Cavalieri estão negociando os últimos detalhes para serem anunciados oficialmente, o clube está liberando jogadores que não serão utilizados pelo técnico Muricy Ramalho.

O atacante Dori, artilheiro nas divisões de base do Fluminense,mas que teve poucas chances desde que se profissionalizou, vai ser emprestado ao Changchun Yatai, da China. Ele viajará na próxima segunda-feira, acompanhado pelo empresário Frederico Morais, para assinar contrato até o fim de 2011 com o clube asiático. Dori só foi utilizado uma vez na equipe profissional, no Brasileiro de 2008. No ano seguinte, chegou a ser relacionado por Cuca para o banco de reservas mas nunca entrou em campo.

Outro jogador que está se despedindo das Laranjeiras é o meia argentino Equi Gonzalez, que praticamente não foi utilizado por Muricy Ramalho. O contrato de Gonzalez não será renovado e ele já está negociando com a LDU do Equador. A situação do atacante Adriano que se destacou no América no Campeonato Estadual, foi contratado pelo Fluminense e logo repassado ao Bahia, ainda não foi definida. O Bahia o quer de volta e como o time está contratando Araújo é possível que Adriano volte ao clube baiano.

Outra situação que será definida na volta das férias é a do volante Belletti que não foi muito aproveitado no Campeonato Brasileiro, apesar de ter um dos salários mais elevados do elenco. A contratação de Souza pode reduzir o espaço de Belletti nas Laranjeiras e o ex-jogador do Chelsea pode ser liberado para procurar outro clube, já que o Fluminense dispõe de Valencia, Diguinho, Diogo e Fernando Bob para a posição.

O clube ainda está tentando contratar Edinho, do Palmeiras, por indicação de Muricy Ramalho. O dirigente Alcides Antunes, inclusive, vai negociar com o Verdão a liberação do jogador e deve levar uma lista de jogadores para ser oferecido ao clube paulista.

Se Diego Cavalieri tiver sua contratação confirmada, a comissão técnica deve liberar um goleiro. Caso Ricardo Berna renove seu contrato, o clube deve facilitar a cessão de Rafael ou Fernando Henrique para outra equipe.

Emerson conquista torcida 

Quando foi contratado, o atacante Emerson chegou às Laranjeiras cercado de desconfiança. Tudo porque tinha declarado seu amor ao Flamengo na temporada anterior. Alguns meses depois, o autor do gol do título brasileiro acredita ter removido todas as dúvidas dos torcedores tricolores sobre o seu comportamento.

Em entrevista divulgada pelo site oficial do clube, o Sheik confessa que se sente plenamente à vontade com a camisa tricolor e nem se importou de ser vaiado pela torcida do Flamengo no Jogo das Estrelas, disputado domingo no Engenhão.

"Antes de chegar ao Fluminense, começaram as especulações e me lembro que a torcida fez uma campanha com uma foto minha e um X no meio simbolizando um não, não queriam a minha contratação. Hoje fico feliz hoje por ter conquistado a galera. Consegui demonstrar dentro de campo o meu comprometimento com o clube. Estou completamente realizado no Fluminense, principalmente pelo apoio da galera. Onde vou as pessoas brincam dizendo que não sou mais flamenguista e sim tricolor", comemorou.

Leia tudo sobre: fluminenseemersonmercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG