Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense prega cautela, mas confia em título brasileiro

Clube já se prepara para comemorar conquista depois de mais de duas décadas e meia de jejum

Agência Estado |

Os jogadores do Fluminense e o técnico Muricy Ramalho têm mantido um discurso que é o esperado para uma semana que antecede um jogo com amplo favoritismo tricolor e que pode resultar em um campeonato brasileiro: "Não ganhamos nada ainda, temos que respeitar o adversário, o jogo vai ser duro". Mas a realidade é que a expectativa pela conquista cresce a cada minuto e o clube já se prepara para comemorar o título depois de mais de duas décadas e meia de jejum.

A sala de troféus das Laranjeiras, nesta quinta-feira, já era devidamente preparada para receber sua mais nova celebridade. As muitas taças e copas eram polidas e rearranjadas por funcionários para abrir espaço para a nova honraria tricolor.

Tudo com discrição, sem muito alarde, como deve ser. Mas obviamente ninguém pensa em outro resultado que não a vitória sobre o Guarani, domingo, no Engenhão, para dar início a uma festa há tanto almejada e que provoca tamanha ansiedade e nervosismo no elenco.
"Nem passa pela nossa cabeça deixar esse título escapar. É claro que tudo pode acontecer e temos que respeitar o Guarani. Mas acho que a única coisa que pode nos atrapalhar é o nervosismo, que vai imperar", disse Washington.

"Se você for analisar bem, este talvez seja o jogo mais difícil de todo o campeonato, porque apenas nós estaremos interessados no resultado", alertou Emerson, que apresentou uma bela chuteira verde e grená, preparada especialmente para o jogo derradeiro. O par do atacante trazia as inscrições "Sheik", seu apelido, e "Paz RJ". Outros jogadores também deverão usar o calçado comemorativo.

Certamente sem estar alheio ao que se passa a seu redor, o técnico Muricy Ramalho tem tomado suas providências. No bate-papo preparatório para os treinos, tem destacado a importância de manter o foco e evitar certos ambientes, fazer mais um pouco de sacrifício para comemorar sem restrições no domingo à noite. Sua preocupação, claro, não se restringe aos fatores extracampo. Muricy espera a equipe bugrina muito bem postada na defesa, retrancada, disposta a arrancar pontos dos líderes.

Treino
Nesta quinta-feira, o técnico comandou para volantes e meias o mesmo exercício de finalização que costuma executar para os atacantes, ciente que está de que será importante a participação da turma de trás para vencer o ferrolho verde que se colocará diante do time tricolor.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG