Um resultado que não seja a vitória nesta quarta, no Engenhão, praticamente elimina o campeão brasileiro

Nesta quarta-feira, o Fluminense tem um jogo de vida ou morte contra o América-MEX, às 21h50, no Engenhão, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Com apenas dois pontos em três jogos disputados pelo Grupo 3, só uma vitória mantém o time carioca vivo na competição. Sem Muricy Ramalho, que deixou às Laranjeiras há nove dias, caberá ao recém-contratado Enderson Moreira dirigir um clube sem comando e totalmente à deriva .

Anunciado pela assessoria do clube na segunda-feira apenas para ser um auxiliar permanente, o ex-comandante do Internacional B terá um desafio e tanto logo na sua estreia. Com muita personalidade na sua primeira entrevista coletiva, ele afirmou que não se sente pressionado por assumir o time em um momento tão conturbado.

“Temos de ter tranquilidade. Fui contratado para esse tipo de situação. Já aconteceu no América-MG e no Internacional. Acontece muito essa transição. Estou chegando agora, tudo é muito novo. Desde minha chegada percebi um ambiente muito bom e tranquilo dos jogadores. Mas deixei claro para eles que o fundamental nesse momento é fazer um grande jogo e conquistar uma vitória”, afirmou Enderson.

Fred é esperança de gols para cima do América-MEX, nesta quarta-feira
Photocamera
Fred é esperança de gols para cima do América-MEX, nesta quarta-feira

Apesar de ter tido pouco tempo para treinar, o novo comandante foi obrigado a fazer algumas mudanças no time. Sem poder contar com Leandro Euzébio e Carlinhos , machucados, e Diogo , que não foi inscrito na fase de grupos, Enderson confirmou as entradas de Digão , Julio Cesar e o colombiano Valencia , respectivamente. Por opção tática, ele trocou Rafael Moura por Fred e Marquinho por Souza.

“Não tive muito tempo para treinar, mas os jogadores se mostraram muito à vontade nos treinos e estão sendo muito companheiros nesse momento. Eu observei os jogos e em cima do que o América apresentou no jogo de ida, achei mais interessante um jogador destro ao lado do Conca, que é canhoto. Foi uma opção em função da vitória”, disse Enderson, ao explicar a entrada de Souza na vaga de Marquinho.

Além de contar com Emerson e Fred juntos, situação rara nos dez meses em que Muricy Ramalho permaneceu no clube, o treinador terá o meia Deco à disposição no banco de reservas.

“O departamento médico me passou que o Deco está liberado. Conversei com ele particularmente, está bem e quer jogar. Vamos esperar para ver como o corpo dele reage ao treino de hoje (terça), e se ele estiver confiante será uma excelente opção no banco”, afirmou Enderson Moreira.

Convocado pelo técnico José Manuel de la Torre para dois amistosos da seleção mexicana contra o Paraguai, no dia 26, e Venezuela, dia 29, o goleiro Ochoa será o grande desfalque do América-MEX contra o Fluminense. O veterano Armando Navarrete, de 30 anos e que nunca foi titular da equipe, será seu substituto.

FICHA TÉCNICA – FLUMINENSE X AMÉRICA-MEX

Local : Engenhão (RJ)
Data : 23 de março, nesta quarta-feira
Horário : 21h50 (de Brasília)
Árbitro : Arias Antonio (PAR)
Assistentes : Milcíades Salvídar (PAR) e Darío Gaona (PAR)

FLUMINENSE : Ricardo Berna; Mariano, Gum, Digão e Julio Cesar; Valencia, Diguinho, Souza e Conca; Fred e Emerson.
Técnico : Enderson Moreira

AMÉRICA : Navarrete, Mosquera, Rojas e Valenzuela; Layun, Rosinei, Montenegro, Reyna e Olivera; Sánchez e Vuoso.
Técnico : Carlos Reynoso

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.