Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense joga mal e só empata com Argentinos Juniors por 2 a 2

Substituto de Fred, Rafael Moura salva a equipe duas vezes de cabeça de impede derrota na estreia

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Assim como em 2008, o Fluminense começou sua campanha na Libertadores com um empate. Mas desta vez dentro de casa. O resultado não foi o esperado pelos 15 mil torcedores que compareceram ao Engenhão, mas poderia ter sido pior se Rafael Moura não tivesse marcado duas vezes. Coube ao substituto de Fred, suspenso, tirar o Fluminense do sufoco em duas cabeçadas no empate de 2 a 2 contra o Argentinos Juniors nesta quarta-feira, no Engenhão. Niell, de apenas 1,62m descontou duas vezes, também de cabeça.

O Fluminense volta a campo domingo, contra o Madureira, às 17h, em Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca. A equipe de Muricy Ramalho só joga de novo pela Copa Libertadores no próximo dia 23, contra Nacional, do Uruguai, no Engenhão.

AE
Rafael Moura marcou dois gols no empate contra o Fluminense

O jogo

Com Conca muito mais à vontade que nos últimos dois jogos, o Fluminense começou em cima. Logo aos dois minutos, Willians aproveitou boa jogada de Souza e chutou rasteiro para boa defesa de Navarro. Aos cinco, foi a vez de Diguinho arriscar de fora da área por cima do gol.

Aos 11, a primeira investida dos argentinos. Basualdo tabelou com Mercier e cruzou para dentro da área, Salcedo chutou forte em cima de Diego Cavalieri.

Apesar de dominar o jogo e ter muito mais posse de bola, o Fluminense pouco ameaçava. Aos 21, num desses raros momentos, Rafael Moura recebeu de Mariano e chutou rasteiro no meio do gol. Navarro bateu roupa, mas ninguém chegou no rebote. Três minutos depois foi a vez de Souza arriscar de fora da área. A bola passou raspando o travessão do goleiro argentino.

Reprodução
Imagem da TV mostra que a bola não chegou a cruzar a linha do gol do Fluminense totalmente
Aos 37, Niell recebeu cruzamento de Oberman e tocou fraquinho na saída de Diego Cavalieri. A bola correu lentamente para o gol e André Luís tirou em cima da linha, provocando reclamação dos argentinos que pediram gol.

Mas o castigo para a apatia do Fluminense chegou sete minutos depois. Oberman cobrou falta pela direita na cabeça do baixinho Niell, de apenas 1,62m, a bola resvalou de leve em Diguinho e enganou Diego Cavalieri, que nada pôde fazer.

Um minuto depois, totalmente dominado pela equipe argentina, que tocava a bola como queria, o Fluminense por pouco não sofre o segundo gol. Oberman recebeu de Prósperi e chutou com perigo à direita do goleiro do Fluminense.

O Fluminense voltou com Rodriguinho no lugar de Willians e com outra atitude. Logo aos 2 minutos, quase o empate. Souza cobrou falta pela esquerda, Edinho raspou de cabeça e Navarro fez excelente defesa.

Mesmo jogando mal, o time carioca empurrava o Argentinos Juniors para seu campo. Aos 12, finalmente o alívio. Carlinhos recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de Rafael Moura, que só teve testou para o chão por baixo de Navarro. O gol inflamou o Engenhão e menos de um minuto depois Mariano quase fez o segundo. O lateral recebeu passe de Conca e soltou uma bomba, que Navarro desviou para escanteio.

Aos 25, uma bobeira da defesa do Fluminense originou o segundo gol argentino. Rafael Moura perdeu uma bola boba no meio campo, Salcedo levou a melhor na dividida com André Luis e cruzou, Diego Cavalieri não achou nada e novamente Niell fez de cabeça.

Mas o Fluminense continuava melhor e o empate não demorou a sair. Aos 28, Souza cruzou e a zaga argentina bobeou.Marquinho escorou para o meio, a bola passou por todo mundo até chegar a Mariano, o lateral cruzou na cabeça de Rafael Moura que só teve o trabalho de tocar para fazer 2 a 2.
 

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE 2 X 2 ARGENTINOS JUNIORS
Renda: RS$ 681.050, 00
Público pagante: 14.031 (Presente: 15.939 )
Local: Engenhão (RJ)
Data: 9 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Torres (Paraguai)
Assistentes: Nicolás Yegros (Paraguai) e Cesar Franco (Paraguai)
Cartão amarelo: Torrén (ARG), Navarro (ARG), Oberman (ARG), Rafael Moura (FLU), Edinho (FLU), Gentiletti (ARG)

Gols:
FLUMINENSE
: Rafael Moura aos 12 e aos 28 do segundo tempo
ARGENTINO JUNIORS: Niell, aos 44 do primeiro tempo e aos 25 do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, Gum, André Luís (Marquinho) e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza (Valencia) e Conca; Willians (Rodriguinho) e Rafael Moura. Técnico : Muricy Ramalho
ARGENTINOS JUNIORS: Navarro; Juan Sabia,Torrén e Gentiletti; Prósteri, Mercier, Basualdo (Bogado) e Escudero (Berardo); Niell, Salcedo e Oberdan (Pablo Hernández). Técnico: Pedro Troglio


 

Leia tudo sobre: FluminenseCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG