Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense entende que jogo contra América-MEX é uma 'decisão'

Diguinho comentou que pontos perdidos em casa aumentarão a pressão por uma vitória no México

Gazeta |

O empate sem gols com o Nacional do Uruguai, na noite de quarta-feira, deixou o Fluminense em situação delicada no Grupo 3 da Copa Libertadores. O time carioca soma apenas dois pontos em duas partidas realizadas, ambas no Engenhão. Agora, faltam quatro compromissos, sendo três longe de seus torcedores. Nenhum dos demais concorrentes da chave jogou tanto em seus domínios e o cenário para os brasileiros é de preocupação. Com isso, torna-se decisivo o confronto da próxima quarta-feira, diante do América-MEX, em território mexicano. Uma derrota vai deixar o Fluminense afastado da briga pela classificação.

"Faremos o jogo da nossa vida contra o América-MEX, pois os empates em casa não estavam nos nossos planos. Não estamos em crise e nem desesperados, mas sabemos que a necessidade de ganhar é urgente neste próximo compromisso", disse o volante Diguinho.

Para o atacante Rafael Moura, os duelos contra o time mexicano serão decisivos para a equipe. "Vamos precisar fazer seis pontos contra o América-MEX, mesmo cientes das dificuldades de se enfrentar este adversário em sua casa. A vitória como visitantes vai devolver, pelo menos, dois pontos que perdemos no Rio de Janeiro e isso melhora consideravelmente a nossa situação, ainda mais porque haverá o cruzamento entre os nossos concorrentes e eles também vão perder pontos", disse.

Para o técnico Muricy Ramalho, o Fluminense poderá acabar tendo um melhor aproveitamento como visitante do que atuando no Rio de Janeiro. Isto porque o treinador admite que o Tricolor vem encontrando dificuldades contra equipes que conseguem se fechar bem no setor defensivo. Foi assim diante do Nacional e na estreia contra o Argentinos Juniors, em que o Tricolor empatou por 2 a 2.

"Os times quando atuam no Rio de Janeiro contra o Fluminense estão jogando de forma bem fechada, bloqueando os espaços. Acredito que podemos ter um melhor aproveitamento na casa de nossos rivais. A minha expectativa é a de fazermos um jogo melhor no México e conseguirmos a vitória. Posso assegurar que o campeonato ainda não acabou para a nossa equipe", disse Muricy, que jamais conquistou o título da Copa Libertadores, apesar de várias conquistas no Brasileirão.

Com uma semana de preparação para a partida, Muricy Ramalho espera a recuperaração de alguns atletas lesionados. O atacante Fred, que se recupera de uma lesão na panturrilha esquerda, ficará fazendo tratamento intensivo e pode reaparecer. A principal novidade, porém, deverá ser o aproveitamento do atacante Emerson no banco de reservas. O Sheik, que ainda não atuou nesta temporada por conta de um edema na perna direita, vem aprimorando a forma física e deverá voltar aos treinos com o elenco até o próximo sábado. Já o atacante Rodriguinho, com lesão na coxa direita, ficará afastado do time do Fluminense pelos próximos três meses e está fora da primeira fase da Libertadores.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG