Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense encerra preparação com rachão e festa da torcida

Cerca de 2.000 torcedores prestigiaram o treinamento do time carioca neste sábado, nas Laranjeiras

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854608100&_c_=MiGComponente_C

A uma vitória do tão sonhado bicampeonato brasileiro, os torcedores do Fluminense anteciparam em vinte e quatro horas a festa pelo título e lotaram o treino deste sábado nas Laranjeiras com direito a bandeiras e faixas. Com a presença de cerca de 2.000 torcedores, o tradicional rachão de véspera de jogo mais parecia um jogo oficial do que uma simples movimentação no último treino antes de decisão contra o Guarani, neste domingo, às 17h, no Engenhão.

O público chamou tanta atenção, que chegou a ser superior a muitos jogos do Fluminense nas décadas de 80 e 90, época em que o clube ainda mandava alguns jogos no acanhado e tradicional estádio das Laranjeiras.

Apesar da festa do torcedor tricolor, os jogadores tentaram fugir do oba oba e foram direto para o vestiário assim que o treino, que durou aproximadamente uma hora, acabou. Os únicos que ainda permanecerem no gramado foram os atacantes Fred e Emerson, que receberam as visitas de seus filhos, e do volante Diguinho, que também brincou com algumas crianças após a atividade.

Photocamera
Torcedores prestigiaram o último treino do Fluminense antes da decisão

Acostumado com esse clima festivo em véspera de decisão, o vice-presidente Alcides Antunes minimizou a algazarra feita pela torcida e afirmou que a equipe espera um jogo complicado contra o Guarani e que não teve festa nenhuma nas Laranjeiras.

Nós sempre abrimos os treinos de sábado para a torcida e não seria neste sábado que iríamos fechar. Não tem nada de festa, e sim o apoio do nosso torcedor que não vê a hora de ser campeão. Mas para isso temos que derrotar o Guarani, que será um dos adversários mais difíceis do Fluminense no Campeonato Brasileiro, afirmou o dirigente.

A movimentação no clube foi tão intensa neste sábado, que a loja oficial do clube, que fica ao lado do campo, tinha uma fila com cerca de 50 pessoas que esperavam pacientemente sua vez de entrar na loja para comprar alguma coisa co o escudo do clube. As camisas tiveram um aumento de quase 50% nas vendas.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG