Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense enaltece "estreia" de Conca

Após uma temporada brilhante em 2010, argentino ainda não tinha feito uma grande atuação em 2011

Gazeta |

A vitória de 3 a 0 sobre o America na noite de quarta-feira foi muito importante para o Fluminense, pois levou o time aos seis pontos, dividindo a liderança do Grupo B com o Botafogo, e mantendo os 100% de aproveitamento na Taça Rio. Porém, mais valorizada do que o resultado foi a grande atuação do meia argentino Darío Conca, que enfim "estreou" na atual temporada, devolvendo a confiança e a alegria aos tricolores. O jogador não teve pré-temporada por conta de uma cirurgia no joelho esquerdo.

Conca marcou o primeiro gol do jogo contra o America, ao completar para o fundo da rede após grande assistência de Rafael Moura. Depois, o argentino retribuiu o passe do He-Man, dando ao atacante a possibilidade de marcar mais um gol pelo Tricolor.

"Estamos todos muito satisfeitos, pois sabemos que o Conca está voltando a jogar seu melhor futebol e quando isso acontece o Fluminense cresce bastante. A torcida vinha tendo paciência com ele, pois sabemos que não é fácil quando se volta de uma cirurgia. Mas ele ajuda demais o nosso time e estamos todos mais confiantes", analisou o volante Diguinho.

Para o técnico Muricy Ramalho, a tendência é Conca melhorar cada vez mais de produção ao longo da temporada. Isso porque o treinador vê o argentino cada vez mais próximo do estilo de jogo que o fez uma das mais importantes peças na conquista do título brasileiro de 2010.

"O Conca estava um pouco receoso por conta da lesão que vinha sofrendo e, dessa maneira, estava jogando mais atrás, na frente dos volantes adversários. Quando isso acontece ele se torna facilmente marcado, pois é um jogador pequeno. Conversei isso com ele e diante do America ele acabou penetrando mais, aproveitando os espaços que eram abertos pelo Araújo. Conseguiu fazer gol e dar assistências. Acredito que a tendência é ele melhorar cada vez mais, ainda mais porque a torcida tem paciência com ele", disse Muricy.

Tendo dado a assistência para o primeiro gol do jogo, marcado por Conca, Rafael Moura celebrou o lance por entender que contribuiu para que o argentino tivesse um grande desempenho em campo.

"A assistência que dei ao Conca foi importante porque ajudou ele a ganhar mais confiança. Fico muito feliz e depois ele retribuiu. O importante é que estão todos jogando pelo bem do Fluminense", vibrou o He-Man. Recentemente, Conca recebeu duas propostas do futebol europeu, sendo uma do Genoa, da Itália, e outra de um clube não revelado. O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, reconheceu que existiu uma das propostas, mas tranquilizou os torcedores dizendo que não faz parte dos planos do Tricolor negociar o argentino neste momento.

O Fluminense volta a campo pela Taça Rio no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), quando medirá forças com o Flamengo no Engenhão. O elenco participou de um trabalho regenerativo e a definição da formação que vai a campo só deverá acontecer na atividade de sexta-feira, marcada para a parte da manhã.

O meia Deco e o atacante Fred, que se recuperam de lesão e estão entregues ao trabalho da preparação físico, ainda não terão condições de atuar. Dessa maneira, são grandes as chances de Muricy Ramalho optar pela repetição da equipe que derrotou o America.

Fora de campo, a diretoria vai anunciar nesta sexta-feira, de maneira oficial, a rescisão de contrato do volante Belletti. Contratado no meio do Campeonato Brasileiro do ano passado, com status de titular, o pentacampeão nunca conseguiu se firmar com a camisa do Tricolor, sofrendo ainda com alguns problemas de lesão. Fora dos planos de Muricy, o jogador já chegou a um acordo amigável com os dirigentes, faltando apenas a assinatura para que ele se veja livre para negociar com outro clube. Especula-se que existem propostas do futebol árabe.

Leia tudo sobre: fluminensecampeonato carioca 2011conca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG