Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense e São Paulo ainda não empataram. É um bom negócio?

De 2003 para cá, nos pontos corridos, apenas uma equipe que empatou menos vezes dentro de um Brasileirão terminou com o título

Marcello Pires e Mário André Monteiro, iG Esporte |

Vipcomm
São Paulo já venceu seis e perdeu outras três
No dicionário de São Paulo e Fluminense , a palavra empate ainda não existe. Pelo menos neste início de Campeonato Brasileiro . Sem meio termo, os times tricolores perdem ou vencem dentro do do atual torneio e são as únicas equipes que ainda não empataram na competição. O São Paulo venceu seis e perdeu três, enquanto o Flu, com um jogo a menos, venceu quatro e perdeu outras quatro partidas.

Siga o iG São Paulo e o iG Fluminense no Twitter

Desde que o Brasileirão adotou o sistema de pontos corridos, em 2003, empatar nunca foi considerado um bom negócio na maioria dos casos. Entretanto, a história mostra que terminar poucas vezes na igualdade tem seus contrapontos, com vantagens e desvantagens. Já empatar muitas vezes nunca é sinal de sucesso.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide os amigos

Em 2010, o campeão Fluminense empatou apenas 11 vezes nas 38 rodadas disputadas. Enquanto isso, Botafogo , Ceará e Flamengo foram as equipes que empataram o maior número de vezes na competição, 17, e não passaram de posições intermediárias na tabela de classificação.

No ano anterior, quando a equipe carioca quase foi rebaixada para a segunda divisão, foram 13 empates. O Flu se igualou a Grêmio Barueri e Santos e ficou atrás apenas do Botafogo, que empatou 14 vezes no torneio de 2009.

Vipcomm
São Paulo já venceu seis e perdeu outras três
O São Paulo, por sua vez, quando venceu o tricampeonato brasileiro, conseguiu balancear vitórias e empates, tendo perdido poucas vezes. Em 2006 e 2008, foram 12 empates em cada uma das edições. Já em 2007, o time empatou apenas oito vezes. Curiosamente, neste ano de 2008, as equipes que menos empataram foram o Santos e o América-RN - cinco igualdades cada um. Enquanto o time do litoral paulista foi vice-campeão, o potiguar terminou na lanterna.

Nos pontos corridos, em apenas uma oportunidade o campeão foi o time que teve menos empates. O Cruzeiro , em 2003, empatou apenas sete vezes e terminou com o título. Vale lembrar que, naquele ano, o Brasileirão ainda era disputado por 24 equipes. O torneio com 20 times foi implementado em 2006 e segue até hoje.

Veja abaixo as tabelas dos times que mais empataram e os que menos empataram no Campeonato Brasileiro desde 2003, e as posições que eles terminaram.

Os que menos empataram :

2003 Cruzeiro 7 empates 1º colocado
2004 Inter e Ponte Preta 7 empates 6º e 10º colocados
2005 Paysandu 5 empates 21º colocado
2006 Paraná 6 empates 5º colocado
2007 Santos e América-RN 5 empates 2º e 20º colocados
2008 Cruzeiro 4 empates 3º colocado
2009 Inter, Cruzeiro, Atlético-MG,
Santo André e Náutico
8 empates 2º, 4º, 7º, 18º e 19º
colocados
2010 Atlético-MG 6 empates 13º colocado


Os que mais empataram
:

2003 Ponte Preta 18 empates 21º colocado
2004 Botafogo 18 empates 20º colocado
2005 Flamengo 13 empates 15º colocado
2006 Vasco e Fortaleza 14 empates 6º e 18º colocados
2007 Corinthians 14 empates 17º colocado
2008 São Paulo, Atlético-MG
Fluminense e Santos
12 empates 1º, 12º, 14º e 15º
colocados
2009 Botafogo 14 empates 15º colocado
2010 Botafogo e Flamengo 17 empates 6º e 14º colocados
Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG