Tamanho do texto

Diretor é considerado intocável, principalmente porque é homem de confiança de Celso Barros, presidente da Unimed, principal patrocinadora do clube

A partir de 1º de janeiro, o Fluminense terá um novo presidente. Peter Siemsen, vitorioso nas eleições de novembro, assumirá o posto que atualmente está nas mãos de Roberto Horcades. Porém, o departamento de futebol não vai sofrer mudanças, pois a conquista do Campeonato Brasileiro deu força a Alcides Antunes, que será mantido como vice-presidente de futebol para 2011.

Apesar da pressão de alguns conselheiros próximos ao novo presidente, que defendem modificações no setor, Alcides hoje é considerado "intocável", principalmente porque é homem de confiança de Celso Barros, presidente da Unimed, principal patrocinadora do clube. Além disso, o dirigente conta com prestígio junto ao técnico Muricy Ramalho, que pediu sua permanência.

"O Alcides Antunes é um dirigente sério e que conhece futebol. Trata-se de uma pessoa discreta, que respeita a liberdade de trabalho dos treinadores e dos jogadores. Ter um dirigente assim ao lado ajuda", elogiou Muricy.

Além de Muricy, alguns jogadores procuraram o presidente eleito para pedir que Alcides fosse mantido no cargo, pois entendem que ele agiu corretamente na relação com o elenco. A confirmação da permanência de Alcides será feira até o fim da semana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.