Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense derrota Nova Iguaçu e se reabilita na Taça Rio

Rafael Sóbis marcou dois gols, e o jovem Matheus Carvalho completou a primeira vitória do time na Taça Rio

Gazeta |

Com os titulares em campo, o Fluminense não deu espaço para surpresas e passou fácil pelo Nova Iguaçu. O Flufez 3 a 0, neste sábado, em Volta Redonda, e se recuperou da derrota na estreia da Taça Rio. O resultado deu ânimo para a equipe comandada por Abel Braga viajar para a Argentina e encarar o Boca Juniors nesta quarta-feira, pela Libertadores.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O Fluminense dominou praticamente os 90 minutos e abriu o placar no primeiro tempo com Rafael Sóbis. Na etapa final, o Flu seguiu no ataque e ampliou com Rafael Sóbis e o jovem Matheus Carvalho.

Na próxima rodada da Taça Rio, o Fluminense terá o clássico contra o Flamengo, no domingo, no Engenhão. Já o Nova Iguaçu vai buscar a recuperação contra o Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O jogo
O Fluminense começou a partida buscando o ataque e por pouco não abriu o placar com quatro minutos. Após lançamento, Wellington Nem escorou de cabeça para Rafael Sóbis. O atacante dominou a bola e chutou para boa defesa de Jefferson. Só que o Nova Iguaçu não se preocupava em só defender e respondeu três minutos depois. Mossoró recebeu passe na área, mas chutou na rede pelo lado de fora.

No entanto, o confronto ficou truncado, com as duas equipes marcando muito. Com isso, a bola ficou concentrada no meio de campo e as chances de gol pararam de acontecer. Somente após a parada técnica, o Fluminense voltou a atacar com perigo. O atacante Rafael Sóbis desperdiçou duas oportunidades clara de abrir o placar, mas só o fez aos 26 minutos. Ele recebeu passe de Fred e só teve o trabalho de tocar para a rede.

Somente depois de sofrer o revés, o Nova Iguaçu voltou a buscar o ataque. O time da Baixada quase empatou aos 30 minutos. O volante Amaral arriscou de longe, a bola desviou na zaga tricolor e quase enganou Diego Cavalieri. O goleiro conseguiu espalmar para o lado e tirar o perigo. Até o fim da etapa incial, o jogo voltou a ficar movimentado, mas nenhuma equipe chegou a balançar as redes e o Fluminense foi para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Nova Iguaçu até esboçou uma reação, mas o Fluminense tratou de se impor logo. Só que os tricolores só conseguiram criar boas chance a partir dos dez minutos. Por duas vezes, Fred cabeceou com perigo ao gol de Jefferson. No primeiro lance, o goleiro salvou o time da Baixada, mas no seguinte foi a vez da bola ir no travessão. O Nova Iguaçu respondeu aos 16, quando Leandrão, sozinho, recebeu cruzamento rasteiro e finalizou para fora.

Após o susto, o Fluminense seguiu com o domínio da partida e conseguiu ampliar o placar aos 29 minutos. Rafael Sóbis arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga do Nova Iguaçu e encobriu o goleiro Jefferson.

O novo revés foi sentido pelo Nova Iguaçu, que não teve tempo para regir. Aos 31 minutos, Souza deu belo toque de calcanhar para Matheus Carvalho, que ficou de frente para Jefferson e chutou para a rede.

Com o placar dilatado, o Fluminense passou a administrar om resultado. Com isso, o Nova Igualu ainda tentou diminuir a diferença, mas saiu do Raulino de Oliveira sem marcar gols. Antes do apito final, Rafael Sóbis ainda teve tempo para mandar uma bola no travessão.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG