Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flu vence, termina em primeiro e terá o Boavista nas semifinais

Com gol de Rafael Moura, equipe derrotou Madureira e evitou o confronto com o Flamengo na próxima fase

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O Fluminense venceu o Madureira por 1 a 0 na tarde deste domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e ultrapassou o Botafogo na liderança do grupo B da Taça Guanabara, na última rodada da primeira fase. A vitória foi conquistada no segundo tempo, com gol do atacante Rafael Moura, que marcou seu quinto gol em três jogos. O time das Laranjeiras sofreu com o calor, com a falta de entrosamento e as boas defesas do goleiro Cléber, mas garantiu o resultado positivo.

nullCom a vitória, o Fluminense terá o Boavista como adversário na semifinal da Taça Guanabara, evitando assim o confronto com o Flamengo, que terá o Botafogo pela frente. As datas dos confrontos ainda não foram confirmadas pela Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro). O time comandado por Muricy Ramalho também se recupera de uma sequência de duas partidas sem vitória.
 

O jogo
Apesar de poder recuperar o primeiro lugar do Botafogo, o técnico Muricy Ramalho optou por poupar os jogadores pendurados com dois cartões amarelos, para não perder nenhum jogador na semifinal. Assim, Leandro Euzébio, Carlinhos, Edinho e Diguinho foram substituídos por Digão, Júlio César, Diogo e Fernando Bob. Outra novidade foi a entrada do goleiro Ricardo Berna na vaga de Diego Cavalieri, criticado pelas torcida nas últimas partidas.

Gazeta Press
Rafael Moura comemora o gol da vitória sobre o Madureira

No ataque, Fred voltou ao time, após ficar de fora da partida contra o Argentinos Júniors, por suspensão. E foi o atacante que criou a primeira oportunidade de ataque. Aos dois minutos da primeira etapa, Souza cobrou falta da direita e Fred cabeceou por cima do gol.

O Madureira respondeu aos 14 minutos. O meia Rodrigo passou por dois adversários, invadiu a área pela esquerda e chutou forte para boa defesa de Berna. O Fluminense errava passes e tinha pouca movimentação, além do forte calor em Volta Redonda, que atrapalhava as duas equipes.

Mesmo com o ritmo lento, o Fluminense quase foi para o intervalo com a vitória. Aos 40 minutos, Conca recebeu no meio, driblou dois adversários, invadiu a área e bateu rasteiro. O goleiro Cléber conseguiu fazer boa defesa. Apenas dois minutos depois, novo lance de perigo. Cobrança de escanteio de Souza para Digão, que subiu mais que a zaga do Madureira, mas a cabeçada foi no travessão.

nullAs equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações, mas o Fluminense continuou melhor na partida, usando principalmente lances de bola parada. Em um deles, aos 7 minutos, Souza cobrou falta na entrada da área, no ângulo direito do goleiro Cléber, que fez linda defesa. A pressão continuou e o goleiro Cléber começou a se tornar o nome do jogo. Aos 13 minutos, Conca cobrou falta da direita, Gum cabeceou no canto direito e o goleiro do Madureira apareceu para fazer mais uma linda defesa.

Sentindo o bom momento, o técnico Muricy Ramalho colocou o time no ataque, tirando o volante Diogo  e o meia Souza, para a entrada do meia Marquinho e do atacante Araújo. E na jogada mais perigosa da equipe na partida, a bola aérea, o Fluminense finalmente abriu o placar. Mariano foi derrubado na lateral da área. Conca cobrou falta da direita e Rafael Moura desviou de cabeça, marcando seu quinto gol em três jogos.

Nos minutos finais, o Madureira ainda tentou assustar, com uma cabeçada Arthur, mas Ricardo Berna espalmou para fora e o Fluminense segurou o resultado, que deixa a equipe na primeira colocação do grupo.

FICHA TÉCNICA - MADUREIRA 0 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 13 de fevereiro de 2011 (Domingo)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Joia (RJ) e Rodrigo Correa (RJ)
Cartões amarelos: Vinicius Freitas, Arthur, Nil, Adriano Magrão e Luiz Otávio (Madureira)

GOL: FLUMINENSE: Rafael Moura, aos 29 minutos do segundo tempo

MADUREIRA: Cleber, Ivonaldo, Luiz Otávio, Valdir e Nil; Arthur, Caio, Vinícius Freitas (Marcelo Ramos), Rodrigo, Maciel (Adriano Magrão) e Edivaldo (Baiano)
Técnico: Antônio Carlos Roy

FLUMINENSE: Ricardo Berna, Mariano, Gum, Digão e Julio Cesar; Fernando Bob, Diogo (Marquinho), Souza (Araújo) e Darío Conca; Rafael Moura (Rodriguinho) e Fred
Técnico: Muricy Ramalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG