Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flu se esforça para esquecer o Flamengo e pensar na Libertadores

Clássico contra o arquirrival pela semifinal da Taça Rio, domingo, só será mencionado a partir de quinta

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Em 2009, quando brigava para não ser rebaixado para a Série B e ao mesmo tempo lutava pelo título da Sul-Americana, o Fluminense emendava uma “decisão” na outra e sequer tinha tenho para respirar. A atual situação é semelhante. Na lanterna de seu grupo na Libertadores, mas na semifinal da Taça Rio, o clube das Laranjeiras precisa vencer o Argentinos Juniors nesta quarta-feira, em Buenos Aires, e o Flamengo, no próximo domingo, para seguir vivo nas duas competições.

Embora reconheça que seja complicado separar uma coisa da outra,o goleiro Ricardo Berna prefere deixar para pensar no Fla-Flu apenas a partir de quinta-feira, quando o time desembarca no Rio de Janeiro. Até lá, a ordem é direcionar o foco apenas para o time argentino.

“A gente sabe que é difícil, mas temos que deixar o Flamengo de lado e pensar somente no Argentinos Juniors. Vamos deixar para pensar na semifinal da Taça Rio assim que o árbitro apitar o fim de jogo em Buenos Aires”, afirmou Ricardo Berna.

Photocamera
Ricardo Berna pede foco apenas na Libertadores
Enderson Moreira concorda com seu goleiro. Aparentemente tranqüilo às vésperas de dois jogos que podem selar o futuro do Fluminense no primeiro semestre, o treinador quer dar um passo de cada vez.

“São duas decisões e não tem como esquecer isso. Mas tenho que pensar primeiro na partida de quarta-feira. Só vou começar a estudar o jogo com o Flamengo a partir de quinta. Mas sabemos do efeito que o desgaste de um jogo como esse pode causar no jogo de domingo”, disse o treinador.

Desgaste que o Flamengo não terá. Embora também tenha um compromisso na quarta-feira, a partida contra o Horizonte, pela Copa do Brasil, será realizada no Rio de Janeiro e vai trazer a mesma carga emocional que o Fluminense irá enfrentar em Buenos Aires.

“Eles podem até levar uma certa vantagem na parte física por jogarem no Rio, mas, se fizermos nossa parte e nos recuperarmos bem até a hora do jogo, acho que temos tudo para fazer um ótimo clássico”, disse Ricardo Berna.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG