Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flu quer usar fórmula de 2009 para seguir nas duas competições

Enderson Moreira quer usar vitória sobre Nova Iguaçu para ganhar fôlego contra o Argentinos Juniors

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

A exemplo do que ocorreu na histórica arrancada de 2009, quando o Fluminense lutava para se manter vivo no Brasileiro e ao mesmo tempo conquistar a Sul-Americana, o técnico Enderson Moreira quer repetir a fórmula em 2011. Com 14 pontos no grupo B e a um empate da semifinal da Taça Rio, o comandante tricolor quer usar o jogo contra o Nova Iguaçu, neste domingo, às 16h, no Engenhão, pela oitava e última rodada da Taça Rio, para ganhar fôlego e confiança visando a “decisão” diante do Argentinos Juniors, quarta-feira, em Buenos Aires, pela Libertadores.

A estratégia é ótima e tem tudo para funcionar, mas Enderson Moreira respondeu por mais de uma vez durante a coletiva de sexta-feira que antes de pensar no time argentino é precisa ratificar a classificação à semifinal da Taça Rio para se manter vivo na disputa do Campeonato Carioca.

“Uma vitória domingo terá um efeito muito positivo para o jogo de quarta-feira. Uma coisa impulsiona a outra, mas sabemos que primeiro temos que pensar no Nova Iguaçu. Será uma partida complicada”, afirmou.

Embora a classificação para a semifinal esteja bem encaminhada, o comandante tricolor se mostra cauteloso e alerta seus jogadores para as armadilhas do futebol.

“Não tem como apagar a Libertadores da nossa cabeça, mas o foco agora tem que estar no Nova Iguaçu. A classificação está bem encaminhada, mas é um jogo decisivo e ainda não tem nada decidido. No futebol, esses momentos de relaxamento são os mais perigosos e podem complicar uma classificação”, alerta o treinador.

Embalado pela goleada de 5 a 1 sobre o Americano na última rodada, o Fluminense só terá o desfalque de Deco, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, Enderson Moreira optou por Marquinho, que mais uma vez volta à equipe em um momento decisivo.

Se na cabeça do torcedor tricolor o Nova Iguaçu será ser uma presa fácil por não almejar mais nada na competição, os jogadores do Fluminense pensam exatamente o contrário. Se Fred já havia alertado seus companheiros pelo fato de o adversário não ter nada a perder, Enderson Moreira manifestou a mesma preocupação e pediu atenção redobrada.

“Esse é o tipo de jogo perigoso. Contra um adversário que entra em campo de forma mais solta e sem nenhuma responsabilidade. Isso acontece muito nos coletivos, quando quase sempre o time reserva rende mais do que o titular por jogar mais solto, com menos pressão”, lembrou o comandante tricolor, que enaltece outras qualidades do Nova Iguaçu.

“O Nova Iguaçu é um time jovem e qualificado, embora não tenha conseguido a classificação. É uma equipe bem armada e que fez alguns excelentes jogos no Carioca, como contra o Flamengo”, concluiu.

FICHA TÉCNICA – FLUMINENSE X NOVA IGUAÇU

Local: Engenhão (RJ)
Data: 17 de abril de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Venito Pacheco
Assistentes: Leonan Cardoso Berute e Flávio Manoel da Silva

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Edinho e Julio Cesar; Valencia, Diguinho, Marquinho e Conca; Emerson (Araújo) e Fred. Técnico: Enderson Moreira

NOVA IGUAÇU: Diogo Silva, Paulo Henrique, Leonardo, Nailor e Uallace; Amaral, Dieguinho, Mossoró e Marcos Vinícius; William e Maicon. Técnico: Zinho
 

Leia tudo sobre: campeonato carioca 2011Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG