Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flu lamenta vacilos na defesa falam em mérito do Atlético-MG

Para os tricolores, o revés, que atrapalha os planos de lutar pelo título, foi mérito do Atlético-MG

Gazeta |

nullO Fluminense chegou a ter 70% de posse de bola e passou boa parte da partida no campo do adversário, mas nada disso foi o bastante para evitar a derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG dentro do Engenhão. Para os tricolores, o revés, que atrapalha os planos de lutar pelo título, foi mérito atleticano.

Veja também: O Flu já é 5º do Brasileirão. Veja a classificação atualizada

Segundo o técnico Abel Braga , o adversário cumpriu perfeitamente a performance a que se propôs. "Eles fizeram uma estratégia e conseguiram aquilo que queriam. Foram bem naquilo que o Cuca passou para os atletas", comentou.

Leia também: Atlético-MG surpreende o Fluminense e deixa zona do rebaixamento

Quem também apontou este fato foi o atacante Rafael Sóbis . "É difícil falar em sorte no futebol. Futebol é mérito, e eles tiveram o mérito de conseguir os dois gols. O resultado foi merecido", analisou o avante.

Exaltado com o gol sofrido já nos acréscimos do primeiro tempo, o zagueiro Márcio Rosário apontou outro fator importante para o tropeço: desatenção.

"Nós treinamos essa jogada a semana inteira, o Abel chamou atenção para a bola aérea, mas, infelizmente, tomamos o gol. Não pode ficar olhando a bola, tem que estar atento o tempo todo na jogada", complementou o defensor.

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG