Tamanho do texto

Na última temporada, equipes jovens do clube carioca não foram longe em nenhuma das competições disputadas

A preparação do Flamengo para a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2011 vai além da preocupação com os resultados. A formação de jogadores virou prioridade para fazer o clube voltar a ter receita com futuras negociações. Ainda assim, vencer em campo é importante e os juniores deixaram a desejar na última temporada.

Arquivo
O atacante Guilherme Negueba, na foto com sua família, é o mais experiente do Flamengo na Copa São Paulo
Em 2010, o time de juniores do Flamengo passou longe do título carioca, foi eliminado da primeira fase da Taça OPG (Octávio Pinto Guimarães) e também não passou de apenas uma vitória no Brasileiro Sub-20. A confiança é grande na recuperação do time com a incorporação de jogadores campeões estaduais no juvenil, nascidos em 1993.

"Juntamos três categorias para a OPG e o Brasileiro Sub-20. Difícil chegar na hora e entrosar. Vamos ver agora com os jogadores de 1993, mais ambientados, que subiram e entraram na equipe", comentou o diretor executivo da base, Carlos Noval.

Com relação ao Brasileiro Sub-20, o time perdeu jogadores importantes, como os volantes João Vítor e Luiz Antônio e o lateral-esquerdo Jorbison. Mas o técnico Paulo Henrique está confiante. Ele disputou quatro edições da Copa São Paulo quando era jogador e sabe o que a competição significa para o futuro de um jogador.

"Antigamente, era mais difícil subir cedo. Agora, é uma competição que dá muita visibilidade, que faz parte do calendário nacional do futebol. A gente espera fazer uma competição boa mesmo, mas o objetivo é ter jogadores da base no profissional. Em 2010, o time terminou com quatro", disse, orgulhoso, Paulo Henrique.

O Flamengo treina desde que foi eliminado do Brasileiro Sub-20. A estreia na Copa São Paulo será no dia 4 de janeiro, contra o Mogi Mirim. Ainda fazem parte do grupo, Gurupi e São José. O time que deve começar a competição é formado por Cesar, Alex, Marlon, Frauches e Anderson; Maicon, Muralha e Lorran; Adryan, Negueba e Lucas Quintino.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.